PUBLICIDADE
Topo

Dinamite: 'Ficou claro, Argentina e Peru em 1978 foi uma vergonha'

Mais Os Canalhas
1 | 25
Siga o UOL Esporte no

Do UOL, em São Paulo

02/09/2020 04h00

Roberto Dinamite foi um dos principais jogadores brasileiros na Copa do Mundo de 1978, com três gols marcados na competição depois de ter não ter sido escalado nos dois primeiros jogos, e foi decisivo para a vitória brasileira diante da Polônia, resultado que acabou não sendo suficiente, já que a Argentina golearia o Peru por 6 a 0 e iria à final, em jogo controverso.

Em entrevista ao programa Os Canalhas, com os jornalistas João Carlos Albuquerque e Rodrigo Viana, Dinamite afirma que considera até hoje uma vergonha toda a situação criada desde a mudança de horário no jogo da Argentina com os peruanos.

"A raiva ficou mais para depois de ficar sabendo das coisas. Aquilo ali foi bravo", diz o ex-jogador.

"Acho que ficou claro para todo mundo, o jogo da Argentina e Peru foi, desculpe usar esse termo, foi uma vergonha", completa.

Roberto Dinamite lembra que precisou passar por uma infiltração depois de sofrer um pênalti na partida contra o Peru e conta a frustração que foi, depois de fazer os dois gols nos 3 a 1 da vitória diante da Polônia, que davam vantagem à seleção brasileira, ver a Argentina ter o horário de seu jogo com o Peru alterado para entrar em campo sabendo o resultado necessário.

"O jogo da Argentina foi decisivo, porque nós empatamos aquele jogo. Depois você vai para o terceiro jogo da competição e a gente consegue um resultado muito bom, tem um saldo. E aí você vai com um saldo positivo, eu lembro que quando terminou o nosso jogo, no primeiro momento é a troca do horário dos jogos, estava marcado o mesmo horário, 16h. E a Argentina jogou já sabendo do resultado do jogo do Brasil", conta Dinamite.

"Nós vínhamos de uma vitória e eles também no empate, então esse terceiro jogo seria decisivo. Nós conseguimos um saldo bastante positivo e eu lembro que nós estávamos voltando em razão do jogo ter iniciado às 16h e terminado às 18h, e o deles começou às 18h. Aí nós estávamos voltando e eu lembro que o Cubillas meteu uma bola na trave e tal, mas daqui a pouco deslanchou. Quando chegamos na concentração, o resultado já estava mais ou menos definido", completa.

Os Canalhas: Quando e onde?

O programa Os Canalhas vai ao ar toda terça-feira, às 14h, em transmissão ao vivo, disponível na home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte no Youtube e no Facebook e Twitter, com os jornalistas João Carlos Albuquerque e Rodrigo Viana entrevistando personalidades importantes do esporte brasileiro. Inscreva-se no canal Os Canalhas no Youtube para conferir mais de João Carlos Albuquerque e Rodrigo Viana.