PUBLICIDADE
Topo

Thunderbird: "Não gosto de retranca, mas o 'muricybol' era uma delícia"

Do UOL, em São Paulo

02/07/2020 04h00

O futebol ofensivo e criativo dos times de Telê Santana fizeram do apresentador e músico Luiz Thunderbird um fã do treinador, assim como um apoiador do trabalho de Fernando Diniz no São Paulo, mas ele admite que também foi feliz com Muricy Ramalho e sente saudades dos títulos conquistados durante o período do ex-treinador, que ganhou três Campeonatos Brasileiros seguidos entre 2006 e 2008.

Em entrevista ao programa Os Canalhas, com os jornalistas João Carlos Albuquerque e Rodrigo Viana, Thunderbird fala sobre o sofrimento como torcedor pela falta de títulos, o fato não gostar de futebol defensivo e a importância de Muricy por sua identificação com o clube do Morumbi.

"Eu sofro com o São Paulo há uma década já, o São Paulo está na fila há um tempão, porque aconteceram algumas coisas que não eram comuns ao São Paulo, o São Paulo sempre teve aquela história de clube bem administrado, que sabia pagar suas contas, que montava elencos campeões, nós fomos tricampeões mundiais, e sempre sucesso, fomos tricampeões brasileiros com o Muricy Ramalho. De repente virou a década e a gente ficou na fila, então estava muito sofrido ser são-paulino nos últimos anos", diz Thunderbird.

"Quanto a esse São Paulo mais recente, quando entrou o Fernando Diniz eu fiquei muito feliz de ver o Diniz com a gente, porque eu gosto do futebol que ele propõe, eu acho legal, eu gosto do futebol jogado. Eu não gosto do futebol retranca, claro que era bom ganhar com bola na área com o Muricy Ramalho, eu achava o muricybol uma delícia, porque a gente ganhava e era campeão, era demais, eu adoro o Muricy", completa.

Mesmo não achando o estilo de jogo do ex-técnico e atual comentarista, Thunderbird afirma que o personagem e a ligação do São Paulo o tornam essencial ao clube.

"O que eu achava demais no Muricy, primeiro, ele é são-paulino, isso é essencial, ele é são-paulino, está na cara, está tatuado nele, ele é são-paulino. Ele conseguiu esse tricampeonato com o São Paulo e ele teve a proeza de sair do São Paulo e ser treinador do Palmeiras, tem que ter uma biografia muito sólida para fazer um negócio desse", afirma Thunderbird.

Thunderbird acha que Diniz entrará para a história do São Paulo

Embora ainda não tenha conseguido fazer com que o São Paulo volte a conquistar títulos, Fernando Diniz ganhou apoio de torcedores pelo futebol apresentado pelo time sob o seu comando e um dos apoiadores é Thunderbird, que defende a continuidade do técnico e acredita que ele entrará para a história do clube.

"Quero que ele continue sim, é porque a gente estava atrás desse futebol, a gente não estava atrás de um retranqueiro ou de um marqueteiro, eu não vou citar nomes", diz Thunderbird.

"Fernando Diniz ainda vai fazer uma história no São Paulo, eu acho. Eu acho que ele tem condição de fazer isso, acho que a primeira coisa que ele precisa fazer é ganhar uma taça, não a da Disney, a taça que seja o Campeonato Paulista, para a gente falar assim 'campeão!'. Ele precisa fazer isso e ele tem a condição de fazer isso. Eu gosto do time do São Paulo atual, acho que é um bom time, que tem condição de ganhar um campeonato", conclui.

Os Canalhas: Quando e onde?

O programa Os Canalhas vai ao ar toda semana em duas edições semanais, na terça-feira, às 14h, e na quinta-feira, às 18h, em transmissão ao vivo, ou gravado, disponível na home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte no Youtube e no Facebook e Twitter, com os jornalistas João Carlos Albuquerque e Rodrigo Viana entrevistando personalidades importantes do esporte brasileiro. Inscreva-se no canal Os Canalhas no Youtube para conferir mais de João Carlos Albuquerque e Rodrigo Viana.