PUBLICIDADE
Topo

"Santos é a favor do futebol e não da volta precipitada", diz Peres

Mais Os Canalhas
1 | 25
Siga o UOL Esporte no

Do UOL, em São Paulo

21/05/2020 04h00

Clubes como o Flamengo e o Vasco se movimentam pelo retorno do futebol, inclusive indo a Brasília para encontro com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para o retorno do futebol no Brasil, embora o número de casos de contaminações e mortes pelo novo coronavírus esteja aumentando. Em atitude semelhante à dos rivais paulistas, o Santos não pretende acelerar a volta do Campeonato Paulista, mesmo considerando a importância financeira da competição.

Em entrevista aos jornalistas João Carlos Albuquerque e Rodrigo Viana no programa Os Canalhas, o presidente do Santos, José Carlos Peres, diz que o clube que preside voltará a campo apenas quando tiver a garantia de segurança para a realização dos jogos.

"O Santos é a favor do futebol e não da volta precipitada. Nós temos que pensar nos funcionários, nos jogadores, nos fornecedores, e tudo aquilo que rodeia um jogo e futebol, que é juiz, árbitro e etc. Tem centenas de pessoas que trabalham num jogo e que não aparecem, a televisão não mostra, obviamente", diz Peres.

"Eu defendo a tese de que o Santos só vai voltar quando o Santos tiver 100% da certeza e amparado pelas autoridades sanitárias e pelo governo do estado, que é a autoridade máxima de cada estado, legislar sobre a situação", completa o dirigente.

Peres admite o recebimento de uma carta da Confederação Brasileira de Futebol com protocolos para o retorno do futebol, mas diz que não pretende ser responsabilizado no caso de os jogos voltarem a acontecer e algum dos protocolos falhar e colocar jogadores e funcionários de partidas em risco.

"Foi feita uma carta agora da CBF, também recebemos, dizendo que não se opõe a voltar desde que se cumpra alguns protocolos. Os protocolos são cinco ou seis protocolos, se um falhar, cai em cima do presidente. O futebol tem essa coisa, quem paga a conta é o presidente, é o presidencialismo, mas, de qualquer maneira, a responsabilidade é muito grande. Só voltaremos se tivermos 100% certeza de que há uma segurança boa para retornar o futebol", diz o dirigente.

Peres também ressalta a importância do Campeonato Paulista em termo esportivo e também financeiro, comparando o valor pago pela competição em relação às fases iniciais da Libertadores.

"É uma competição para nós muito valiosa em todos os sentidos, e também financeira, porque ela paga mais do que, se bobear, a primeira fase da Libertadores. É um campeonato valorizado, um título também de campeão paulista é super valorizado, muita gente fica naquela 'é paulistinha', só que todo mundo quer ganhar, todo mundo quer vencer. Quando entram em campo os caras se desdobram porque é um título e você não pode fugir disso", finaliza Peres.

Os Canalhas: Quando e onde?

O programa Os Canalhas vai ao ar toda terça-feira, às 14h, em transmissão ao vivo, ou gravado, disponível na home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte no Youtube e no Facebook e Twitter, com os jornalistas João Carlos Albuquerque e Rodrigo Viana entrevistando personalidades importantes do esporte brasileiro. Inscreva-se no canal Os Canalhas no Youtube para conferir mais de João Carlos Albuquerque e Rodrigo Viana.