PUBLICIDADE
Topo

Videos


Dan Stulbach: "Pedro errou ao escolher o Flamengo em sua volta ao Brasil"

Do UOL, em São Paulo

03/03/2020 12h00

O primeiro bloco do podcast Posse Bola #22 analisa as opções que o Flamengo tem como alternativas aos titulares que já se destacavam na temporada 2019 e agora poderão desfalcar o clube em eventuais convocações para a seleção brasileira.

Mas para o ator Dan Stulbach, convidado especial do episódio, o atacante Pedro fez uma má escolha ao retornar ao Brasil pelo Flamengo, onde é reserva de Gabigol, e não em um clube no qual seria a principal referência ofensiva.

"Eu acho que o Pedro escolheu mal o Flamengo ao escolher a sua volta ao Brasil. Ele era o jogador que estava na lista da seleção brasileira, ele era olhado pela seleção brasileira. Ao se colocar no Flamengo como reserva do Gabigol, ele já se coloca numa segunda prateleira de seleção brasileira de cara", afirma Stulbach.

"Ele tinha que ter ido para o Grêmio, ele tinha que jogar bola, assim como o Michael tem que jogar bola e vai jogar bola por causa dessas convocações da seleção, apesar de que será comparado ao Bruno Henrique. Eu teria feito diferente se fosse o Michael, teria ido para o Palmeiras, para o Corinthians, assim como o Gustavo Scarpa foi para o Palmeiras e deveria ter ido para o São Paulo, para o Santos ou para o Corinthians, para jogar", completa.

Arnaldo Ribeiro acredita que o atacante pode vir a atuar ao lado de Gabigol, o que justificaria sua ida ao clube. Mas também o vê como um possível 12º jogador.

"Se você vai para o Flamengo ser reserva do Gabigol, não dá. Porque o Gabigol é maior que todos, o Gabigol, além de ser o maior jogador do Brasil hoje, ele é o maior ídolo nacional hoje, então ser reserva do Gabigol não é bom negócio. Porém, você pode jogar com o Gabigol, você pode jogar de vez em quando com o Bruno Henrique, você pode ser o 12º jogador, ou o 13º, aí depende de uma conversa", afirma o jornalista.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Videos