PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Juca: "Era hora para o Atlético-MG estar sapateando em cima do Cruzeiro"

Do UOL, em São Paulo

17/02/2020 13h31

O Atlético-MG acumulou seu segundo jogo sem vencer ao ser derrotado em casa pela Caldense no Campeonato Mineiro e seu próximo jogo é contra o Unión de Santa Fé, na quinta-feira, pela Copa Sul-Americana, em confronto no qual o clube comandado pelo venezuelano Rafael Dudamel levou 3 a 0 no primeiro jogo.

A situação conturbada do time mineiro em uma temporada na qual o rival Cruzeiro está em crise e disputará a Série B do Campeonato Brasileiro é abordada no podcast Posse de Bola #20.

"Era hora para o Atlético-MG estar sapateando em cima do Cruzeiro na segunda divisão e não está podendo", afirma Juca Kfouri.

Para Arnaldo Ribeiro, o que pode dar fôlego ao trabalho de Dudamel é justamente o fato de o principal rival não estar na mesma disputa na esfera nacional, embora o clube fique pressionado em relação ao Campeonato Mineiro.

"Não teve resultado nenhum, já teve umas sacolas absurdas, um início assim dramático mesmo. Talvez até pelo contexto de ter um campeonato estadual mais frágil, de não ter o rival na mesma raia do Brasileiro, se dê um tempo maior a ele, mas tem uma cobrança grande", analisa Arnaldo.

Já Mauro Cezar Pereira acredita que o treinador venezuelano não sabia o que encontraria pela frente quando aceitou assumir o comando do clube mineiro. O jornalista citou a indignação do técnico pela forma como a torcida apontou José Welison como alvo, coisa que, embora não apoie, é comum no futebol brasileiro.

"A entrevista dele ontem acho que mostrou uma certa falta de conexão até com a realidade da nossa sociedade até imbecil muitas vezes, cercada de idiotas que não sabem se comportar, que agridem por tudo e por nada a todo instante, ele estava indignado com a maneira que o José Welison foi tratado, achincalhado e fez uma defesa veemente na entrevista coletiva, não que eu não concorde com o que ele falou, mas ficou para mim muito claro que ele não tinha a menor ideia do que iria encontrar", afirma Mauro.

"Ele me pareceu surpreso com algo que aqui é comum, ou seja, ele não sabia exatamente para onde estava vindo. Está aprendendo na prática da pior forma possível e com resultados ruins, com uma eliminação encaminhada na Sul-Americana da maneira que perdeu para o Unión de Santa Fé, então é um começo evidentemente péssimo", completa.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol