PUBLICIDADE
Topo

Juca: "Flamengo é a única coisa boa que está acontecendo no Rio de Janeiro"

Do UOL

Em São Paulo

20/01/2020 14h24

Depois do vice-campeonato mundial em dezembro, o Flamengo já voltou a campo pelo Campeonato Carioca no sábado e empatou com o Macaé em 0 a 0. Embora tenha jogado apenas com o time sub-20 e nem mesmo o técnico Jorge Jesus estivesse no Maracanã, a torcida marcou presença e mostrou que segue confiante no rubro-negro.

No segundo bloco do podcast Posse de Bola #16: "Palmeiras inicial está mais distante que o Corinthians", Juca Kfouri disse que o mais animador de uma primeira rodada na qual times como o Flamengo e o próprio Botafogo não utilizaram seus principais jogadores, foi a presença da torcida.

"A grande noticia da primeira rodada do campeonato carioca: 27 mil pessoas no Maracanã para ver o time J do Flamengo. Dá a medida que de solidão o rubro-negro não morrerá mais uma vera em 2020. A torcida do Vasco foi legal também, 18 mil pessoas em São Januário, que é quase a carga total", afirmou Juca.

O jornalista apontou que a forte presença da torcida flamenguista tem a ver também com o momento vivido pelos moradores do Rio de Janeiro, com o clube em um momento vencedor em meio aos problemas do cidadão carioca.

"A única coisa boa que está acontecendo no Rio de Janeiro há algum tempo se chama o Clube de Regatas do Flamengo. É a única coisa boa. Porque a água está envenenada, porque o governador mandar dar tiro na cabecinha, é a única coisa. O que mantém a alegria do Rio de Janeiro, que é o cartão de visitas deste país", disse Juca.

"Eu digo isso sempre e vou repetir, e não é por ser filho de mãe carioca, o Brasil só será o país que a gente quer que o Brasil seja, no dia em que o Rio de Janeiro voltar a ser o que já foi. E eu sou testemunha do Rio de Janeiro dos anos 50 e 60, você olhava e dizia 'esse país vai dar certo', pelo que você via no Rio. E, infelizmente, se desvaneceu nas últimas décadas, mas o Flamengo, não. O Flamengo mantém o Rio vivo e isso é inestimável", completou.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol