PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Carro se incendeia após batida forte durante corrida da Fórmula 2 na Rússia

Carro do italiano Luca Ghiotto pegou fogo após batida forte na segunda corrida da Fórmula 2 em Sochi, na Rússia - Reprodução
Carro do italiano Luca Ghiotto pegou fogo após batida forte na segunda corrida da Fórmula 2 em Sochi, na Rússia Imagem: Reprodução

Luciana Amaral

Do UOL, em Brasília

27/09/2020 11h11

O carro do piloto italiano Luca Ghiotto, da Hitech Grand Prix, se incendiou após batida forte na corrida da Fórmula 2 hoje em Sochi, na Rússia.

Ele travava uma disputa lado a lado com o britânico Jack Aitken, da Campos Racing, na curva 3 da sétima volta da corrida e tentava passá-lo por fora. Em meio à curva à esquerda, longa e de alta velocidade, ambos se tocaram de lado. Ghiotto bateu direto na barreira de proteção com Aitken também batendo com força no objeto de segurança logo à frente.

A batida de Ghiotto foi tão forte que o carro começou a pegar fogo, mas o piloto conseguiu sair do cockpit com relativa tranquilidade. O incêndio foi apagado pelos comissários de pista. Ninguém se feriu.

A organização considerou que a necessidade de reparos na barreira de segurança era grande e decidiu encerrar a corrida com bandeira vermelha antes do previsto. Caso contrário, o horário da prova da Fórmula 1 poderia ser afetado.

Assim, o chinês Guanyu Zhou, da UNI-Virtuosi Racing, venceu sua primeira corrida na Fórmula 2. Ele está em oitavo no campeonato. No entanto, todos que pontuaram hoje receberam somente metade dos pontos normais. Essa é a regra quando menos de 25% da prova é completada, o que foi o caso de hoje.

Essa foi a segunda corrida da Fórmula 2 do final de semana na Rússia. Ontem, o filho de Michael Schumacher, o alemão Mick Schumacher, da Prema, venceu a primeira prova da rodada dupla, mais longa e prestigiada. Ele lidera o campeonato com 191 pontos, 22 à frente do segundo colocado, o britânico Callum Ilott, da UNI-Virtuosi Racing.

Os brasileiros não se saíram bem em Sochi. Ontem, Pedro Piquet ficou em 17º e Guilherme Samaia, em 18º. Felipe Drugovich abandonou a prova após batida.

Neste domingo, Pedro Piquet ficou em 9º com Drugovich em 20º. Samaia abandonou após colisão.

Esporte