PUBLICIDADE
Topo

Piloto da Nascar passa mal e perde os sentidos durante entrevista ao vivo

Do UOL, em São Paulo

08/06/2020 13h49Atualizada em 08/06/2020 16h08

O norte-americano Bubba Wallace, piloto que disputa a Nascar Cup Series, deu um susto ontem no público da categoria. Primeiro, passou mal ao deixar o carro ao fim da Folds of Honor QuikTrip 500, etapa do Atlanta Motor Speedway; depois, perdeu novamente os sentidos durante uma entrevista ao vivo.

Imagens de TV registraram Wallace, da Richard Petty Motorsports, sendo acudido por membros da equipe ao fim da corrida. Mais tarde, em entrevista à FOX Sports local, ele apagou novamente.

A etapa foi marcada por diversas homenagens da Nascar a George Floyd, cidadão negro da cidade de Mineápolis que foi morto por asfixia por um policial branco no dia 25 de maio. Único piloto negro da Cup Series, Wallace vestiu uma camiseta com as frases "I can't breathe" e "Black lives matter" (respectivamente, em inglês, "não consigo respirar" e "vidas negras importam").

O presidente da categoria, Steve Phelps, ainda mandou uma mensagem a respeito do assunto para todos os pilotos antes da corrida.

Questionado pela reportagem justamente sobre a manifestação antes do começo da prova, Wallace baixou a cabeça e não respondeu. "Você está bem?", questionou a repórter, enquanto um integrante da Richard Petty socorria o piloto. "Ele não está OK", encerrou a jornalista, enquanto a imagem era cortada.

Posteriormente, no Twitter, Bubba Wallace divulgou uma mensagem e avisou ao público que estava bem. O piloto não deu detalhes a respeito, mas a imprensa dos EUA citou as altas temperaturas da prova como um possível motivo para o mal-estar.

Wallace foi o 21º colocada prova, a décima da temporada. Com 170 pontos, ele é o 22º colocado da classificação da Cup Series — Kevin Harvick, com 421, é o líder.

Esporte