PUBLICIDADE
Topo

Piloto sofre acidente e morre durante competição em Santa Catarina

Piloto Ivan Possamai Junior morreu em acidente  - Reprodução
Piloto Ivan Possamai Junior morreu em acidente Imagem: Reprodução

Patrick Mesquita

Do UOL, em São Paulo

05/08/2019 10h03

A morte do piloto Ivan Possamai Junior marcou a terceira etapa do Campeonato Sul Brasileiro de Arrancada, que aconteceu ontem (4) em Chapecó, Santa Catarina. A informação foi inicialmente publicada pelo "G1" e confirmada pelo UOL Esporte.

O acidente fatal aconteceu após o piloto, de Cascavel (PR), não conseguir parar o carro no fim da disputa e bater em um poste que ficava após a proteção metálica. A competição, mais conhecida como "arrancadão", é organizada pela Federação de Automobilismo de Santa Catarina (Fauesc). O evento é legalizado.

De acordo com Alan Aguiar, um dos funcionários e comissário desportivo da Fauesc, Ivan passou por todos os procedimentos de segurança antes de realizar a prova, e não havia nenhum impedimento para que ele participasse da competição.

"As informações preliminares que temos é que não existe nenhuma irregularidade no processo. Ele tinha a carteira cédula desportiva", disse, em contato com o UOL Esporte. "Preliminarmente também, os comissários técnicos que verificaram o automóvel disseram que ele passou por todo o processo e que nada impedia a largada. A borboleta ficou travada. Existiu um corte de giro alto mesmo para um carro de arrancada, mesmo na terceira marcha", completou.

Ivan Possamai Junior era visto como um piloto experiente e capaz de evitar um acidente em alta velocidade. Segundo Alan Aguiar, a suspeita é de um mal súbito antes do término da prova.

"Ele era piloto de Cascavel, não era inexperiente, que poderia ter errado em um procedimento humano. Com certeza, se tivesse problema no carro ele saberia evitar um acidente nessa velocidade. O que causou mais espanto a todos", afirmou.

Esporte