Argentina anuncia lista final liderada por Messi para a Copa América

BUENOS AIRES (Reuters) - A equipe nacional de futebol da Argentina anunciou no sábado a lista final de 26 jogadores liderados por Lionel Messi para a Copa América, depois de deixar de fora Leonardo Balerdi, Valentin Barco e Angel Correa.

O técnico da Argentina, Lionel Scaloni, convocou 29 jogadores para os dois amistosos anteriores contra o Equador e a Guatemala, e indicou que depois cortaria a equipe para atingir o número permitido para a competição a ser disputada a partir de quinta-feira nos Estados Unidos.

"Tomamos decisões com base no que vemos nos jogos e nos treinos, nos sentimentos do que a equipe pode precisar", disse Scaloni em entrevista coletiva.

"Esta é a lista mais difícil de todas, tivemos muitas complicações", acrescentou ele após a vitória sobre a Guatemala.

No elenco final, Scaloni incluiu os jovens Valentin Carboni e Alejandro Garnacho como parte da renovação após a conquista da Copa do Mundo no Catar em dezembro de 2022.

A Argentina fará sua estreia na quinta-feira no Mercedes-Benz Stadium em Atlanta contra o Canadá no Grupo A, que também inclui Chile e Peru.

A seguir, a lista dos jogadores convocados:

Goleiros: Franco Armani (River Plate, Argentina), Geronimo Rulli (Ajax, Holanda) e Emiliano Martinez (Aston Villa, Inglaterra).

Defensores: Gonzalo Montiel (Nottingham Forest, Inglaterra), Nahuel Molina (Atlético Madrid, Espanha), Cristian Romero (Tottenham Hotspur, Inglaterra), Germán Pezzella (Real Betis, Espanha), Lucas Martínez Quarta (Fiorentina, Itália), Nicolás Otamendi (Benfica, Portugal), Lisandro Martínez (Manchester United, Inglaterra), Marcos Acuña (Sevilla, Espanha) e Nicolás Tagliafico (Lyon, França).

Continua após a publicidade

Meio-campistas: Guido Rodríguez (Real Betis), Leandro Paredes (Roma, Itália), Alexis Mac Allister (Liverpool, Inglaterra), Rodrigo De Paul (Atlético de Madri), Exequiel Palacios (Bayern Leverkusen, Alemanha), Enzo Fernández (Chelsea, Inglaterra), Giovani Lo Celso (Tottenham Hotspur), Ángel Di María (Benfica) e Valentín Carboni (AC Monza, Itália).

Atacantes: Lionel Messi (Inter Miami, EUA), Alejandro Garnacho (Manchester United), Nicolas Gonzalez (Fiorentini), Lautaro Martinez (Inter de Milão, Itália) e Julian Alvarez (Manchester City, Inglaterra).

(Por Ramiro Scandolo)

Deixe seu comentário

Só para assinantes