PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Colômbia protesta à Conmebol por arbitragem e pede suspensão de juiz

Luis Jaime Acosta, da Reuters

De Bogotá, na Colômbia

24/06/2021 12h47

A Federação Colombiana de Futebol (FCF) apresentou nesta quinta-feira uma nota de protesto à Conmebol pela arbitragem do argentino Néstor Pitana na partida em que perdeu de 2 x 1 para o Brasil pela Copa América e pediu a suspensão imediata do trio de arbitragem.

Aos 32 minutos do segundo tempo do jogo de quarta-feira, ocorreu uma jogada em que a bola bateu em Pitana e, em seguida, parou com o lateral brasileiro Renan Lodi, que na sequência cruzou para Roberto Firmino marcar o gol de empate do Brasil.

"O VAR chegou a indicar ao árbitro que o passe do jogador brasileiro que quicou no árbitro seria recebido por um colombiano. No entanto, o juiz central e os árbitros do VAR decidiram omitir a aplicação da regra 9 das regras do jogo, afetando diretamente o resultado da partida", informou a federação colombiana em comunicado.

"A FCF pediu à Conmebol a suspensão imediata dos árbitros da partida, assim como recentemente a Comissão de Arbitragem suspendeu dois árbitros colombianos pelo grave e manifesto erro que consistiu na anulação de um gol durante a partida das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo Fifa Catar 2022 entre Uruguai e Paraguai, em 3 de junho", acrescentou.

No entanto, o órgão regulador do futebol sul-americano garantiu em seu site que, embora a bola tocasse o árbitro, ele permitiu que o jogo continuasse, tomando uma decisão de acordo com as regras, porque a bola não foi direto para o gol, não mudou de posse, nem deu início a um ataque promissor.

Esporte