PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Autoridade da Uefa crê que trio dissidente será expulso das semifinais da Liga dos Campeões

19/04/2021 15h35

COPENHAGUE (Reuters) - Real Madrid, Manchester City e Chelsea, times que se rebelaram e formaram a Super Liga, provavelmente serão expulsos das semifinais da Liga dos Campeões nesta temporada, disse Jesper Moller, membro do comitê executivo da Uefa, à emissora dinamarquesa DR nesta segunda-feira.

"Os clubes precisam ir embora, e acredito que isto acontecerá na sexta-feira. Depois temos que descobrir como encerrar o torneio da Liga dos Campeões (desta temporada)", disse Moller, que comanda a Federação Dinamarquesa de Futebol.

"Há uma reunião extraordinária do comitê executivo na sexta-feira", acrescentou.

Os comentários de Moller vieram pouco depois de o presidente da Uefa, Aleksander Ceferin, dizer que deseja que os times rebeldes sejam banidos.

"Ainda estamos avaliando com nossa equipe legal, mas adotaremos todas as sanções que pudermos e informaremos vocês assim que pudermos", disse. "Minha opinião é que, assim que possível, eles têm quer ser banidos de todas as nossas competições e os jogadores (também ser banidos) de todas as nossas competições", disse Ceferin aos repórteres.

O trio é parte dos 12 clubes que anunciaram no domingo que estão criando uma Super Liga Europeia dissidente para rivalizar com a Liga dos Campeões da Uefa.

O Real Madrid deve enfrentar o Chelsea, e o Manchester City foi sorteado com o Paris St Germain --que não aderiu à liga dissidente.

(Por Jacob Gronholt-Pedersen)

Esporte