PUBLICIDADE
Topo

Olimpíadas

Japão proíbe entrada de atletas estrangeiros durante emergência por vírus

Sol atrás dos aros olímpicos no parque Odaiba em 24 de março em Tóquio no dia em que os Jogos Olímpicos de 2020 foram adiados - Clive Rose/Getty Images
Sol atrás dos aros olímpicos no parque Odaiba em 24 de março em Tóquio no dia em que os Jogos Olímpicos de 2020 foram adiados Imagem: Clive Rose/Getty Images

Chris Gallagher, da Reuters

De Tóquio

15/01/2021 10h40

O Japão suspenderá temporariamente as isenções que permitem que atletas estrangeiros treinem no país antes dos Jogos Olímpicos, informou a Kyodo News, uma vez que está fechando suas fronteiras para conter um aumento de casos de Covid-19 a apenas seis meses dos Jogos.

A suspensão vai durar até 7 de fevereiro, o fim programado do estado de emergência do coronavírus na capital, Tóquio, e outras cidades importantes, disse a agência Kyodo, citando uma fonte com conhecimento do assunto.

O Japão está lutando contra o aumento recorde de infecções por coronavírus, o que levou o governo a fortalecer os controles de fronteira e expandir seu estado de emergência para abranger mais da metade da população do país.

A pausa nas isenções dos atletas ocorre após a suspensão do governo, nesta semana, das isenções para viajantes a negócios.

A proibição temporária incluirá atletas e técnicos estrangeiros não residentes de ligas esportivas japonesas, incluindo a J-League de futebol, que começa sua temporada no mês que vem, e a Nippon Professional Baseball, que abre os treinos de primavera em 1º de fevereiro, disse a Kyodo.

Os atletas japoneses terão permissão para voltar ao país, mas precisam ficar em quarentena por 14 dias, durante os quais não podem treinar ou competir, segundo reportagem da agência.

Olimpíadas