PUBLICIDADE
Topo

Fifa tem três propostas para sede da Copa do Mundo feminina de 2023

Estados Unidos é o atual campeão da Copa do Mundo feminina - Bernadett Szabo/Reuters
Estados Unidos é o atual campeão da Copa do Mundo feminina Imagem: Bernadett Szabo/Reuters

10/06/2020 11h12

A Fifa decidirá qual das três propostas irá sediar a próxima Copa do Mundo feminina, a ser realizada em 2023, durante uma reunião online do seu conselho em 25 de junho.

A entidade que controla o futebol mundial informou em comunicado divulgado nesta quarta-feira que recebeu "cartilhas" de três candidatos: Colômbia, Japão e uma proposta conjunta entre Nova Zelândia e Austrália.

O Brasil retirou sua candidatura na segunda-feira dizendo que não considerava sensato oferecer garantias financeiras em meio à pandemia de Covid-19.

O torneio de 2019 na França quebrou recordes em termos de audiência na televisão e foi visto como a edição de maior destaque até agora.

"A qualidade das propostas é um testemunho do tremendo impulso que o futebol feminino gerou e estamos ansiosos para que isso leve o futebol feminino a um novo patamar na Copa do Mundo Feminina de 2023", disse a secretária-geral da Fifa, Fatma Samoura.

(Reportagem de Simon Evans)

Futebol feminino