PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Alonso fica livre para a Indy 500 após término de contrato com a McLaren

Fernando Alonso observa durante treinos das 500 milhas de Indianápolis - Brian Spurlock-USA TODAY Sports
Fernando Alonso observa durante treinos das 500 milhas de Indianápolis Imagem: Brian Spurlock-USA TODAY Sports

Alan Baldwin

em Londres (Inglaterra)

20/01/2020 20h37

Fernando Alonso estará livre para pilotar para quem quiser na edição das 500 milhas de Indianápolis após o fim de sua relação com a McLaren. A escuderia da Fórmula 1 confirmou hoje que o contrato do bicampeão mundial terminou no final do ano passado e não foi renovado.

"Fernando é um dos melhores competidores do mundo e desejamos seu bem no futuro", disse um porta-voz da equipe.

"Embora nossa relação tenha chegado a uma conclusão natural, ele sempre continuará sendo parte da família McLaren".

Alonso, que é duas vezes vencedor da prova automobilística das 24 Horas de Le Mans, tem como principal objetivo no ano completar a chamada Tríplice Coroa do esporte motor.

Aos 38 anos, o espanhol não conseguiu se classificar com a McLaren para a Indy 500 após liderar a corrida em sua estreia em 2017 com a Andretti Autosport.

Esporte