PUBLICIDADE
Topo

Barcelona

Ônibus do Barça se perde na Arábia Saudita antes de treino para Supercopa

O técnico Ernesto Valverde, do Barcelona - Josep LAGO / AFP
O técnico Ernesto Valverde, do Barcelona Imagem: Josep LAGO / AFP

Richard Martin

em Jidá (Arábia Saudita)

08/01/2020 15h33

A campanha do Barcelona para defender a Supercopa da Espanha, que foi reformulada e agora ocorre na Arábia Saudita, não teve um começo auspicioso. Segundo uma fonte ligada ao clube, o time chegou atrasado para uma sessão de treinamento em Jidá hoje porque o motorista do ônibus foi para o local errado.

A equipe deveria se preparar para a semifinal de amanhã contra o Atlético de Madri no campo de treinamento da equipe local Al-Ittihad, mas o motorista os levou ao Estádio da Cidade dos Esportes Rei Abdullah, onde ocorrem as partidas da Supercopa.

Os dois locais estão separados por mais de 30 quilômetros, e o ônibus do time chegou finalmente ao campo de treinamento com 45 minutos de atraso, o que foi causado pelo tráfego notório da cidade litorânea.

O técnico Ernesto Valverde e o meio-campista Sergio Busquets deveriam dar uma coletiva de imprensa antes da sessão de treino, mas falarão com a mídia mais tarde devido à chegada tardia.

O Real Madrid enfrenta o Valência nesta quarta-feira no primeiro jogo da competição, que costumava dar início à temporada, mas foi transformado em um evento caça-níqueis depois que o presidente da federação espanhola, Luis Rubiales, adotou mudanças radicais no ano passado.

Membros da federação aprovaram ampliar o formato da competição de dois times para quatro, mudando a data de agosto para janeiro e a transferindo ao exterior.

Em novembro se anunciou um acordo de três anos que a mídia espanhola disse ser de cerca de 44 milhões de dólares anuais para realizar o torneio na Arábia Saudita, o que revoltou grupos de direitos humanos e as torcidas dos quatro times.

Barcelona