PUBLICIDADE
Topo

Futebol feminino


Brasil, Colômbia e Japão entregam propostas para sediar Copa Feminina

LUCY NICHOLSON
Imagem: LUCY NICHOLSON

13/12/2019 15h58

Brasil, Colômbia e Japão se candidataram à sede da Copa do Mundo de Futebol Feminino de 2023, informou a Fifa nesta sexta-feira, um dia depois de Austrália e Nova Zelândia apresentarem uma proposta conjunta.

As quatro inscrições surgem em meio a "um interesse inédito" de países-membros, disse a federação internacional. A próxima edição do torneio deve ser a primeira a contar com 32 seleções.

"França 2019 certamente foi um divisor de águas para o futebol feminino, e agora é responsabilidade da Fifa adotar medidas concretas para continuar a fomentar o crescimento incrível do esporte", disse o presidente da Fifa, Gianni Infantino, em um comunicado.

A Copa do Mundo mais recente, realizada em solo francês, teve recordes de audiência de televisão e de comparecimento, e os Estados Unidos conquistaram seu quarto título, outro recorde.

A Fifa avaliará as sedes em potencial durante janeiro e fevereiro, e seu conselho selecionará a proposta vencedora em sua reunião de junho de 2020 em Adis Abeba.

Futebol feminino