PUBLICIDADE
Topo

Chelsea é autorizado a contratar na janela de transferência de janeiro

Corte Arbitral do Esporte diminuiu proibição de transferências e multa que foram impostas ao clube - Tony O"Brien/Action Images via Reuters
Corte Arbitral do Esporte diminuiu proibição de transferências e multa que foram impostas ao clube Imagem: Tony O'Brien/Action Images via Reuters

Da Reuters, em Londres

06/12/2019 11h20

O Chelsea recebeu hoje uma autorização para fazer contratações na janela de transferência de janeiro, depois que a Corte Arbitral do Esporte (CAS) diminuiu pela metade uma proibição de transferências imposta ao clube em fevereiro.

A CAS disse em um comunicado que também reduziu pela metade a multa equivalente a US$ 300,8 mil do Chelsea.

O time do oeste de Londres, campeão da Liga Europa na temporada passada, havia recebido uma punição da Fifa por duas janelas de transferência por violar regras de transferência internacional e por registrar jogadores de menos de 18 anos de idade.

O time fora submetido a uma proibição na última pré-temporada.

"(O Chelsea) está proibido de registrar qualquer jogador novo, seja nacional ou internacionalmente, por um período inteiro de registro, que o clube já cumpriu durante o período de registro do verão de 2019", disse a CAS.

A equipe, atualmente em quarto lugar na liga inglesa, havia feito uma apelação à CAS em junho.

Após uma investigação minuciosa sobre o registro de jogadores em sua academia, a Fifa declarou que o Chelsea violou o artigo 19 dos regulamentos no caso de 29 jogadores menores de idade.

A entidade disse que o time também violou um artigo relacionado a acordos que concluiu ligados a menores de idade que lhe permitiram influenciar outro clubes em questões de transferência.

A CAS disse que a violação envolveu "um número significativamente menor de jogadores".

Chelsea