Topo

Esporte


Comentários de Verstappen não são profissionais ou maduros, diz Vettel

14/11/2019 19h37

Por Marcelo Teixeira

SÃO PAULO (Reuters) - Sebastian Vettel classificou os comentários de Max Verstappen como imaturos e não profissionais nesta quinta-feira, depois que o piloto da Red Bull sugeriu que a Ferrari ganhou uma vantagem injusta com seu motor.

O jovem holandês indicou no Grande Prêmio dos Estados Unidos este mês que o fraco desempenho da Ferrari em Austin estava ligado ao fato de a entidade que comanda a Fórmula 1 ter fechado uma potencial brecha no motor.

O jovem de 22 anos usou a palavra "trapaça" em uma entrevista à TV holandesa.

"Acho que todo mundo é livre para dizer o que quer. Não acho que alguém da equipe tenha levado isso para o lado pessoal", disse Vettel a repórteres no Grande Prêmio do Brasil, penúltima corrida da temporada, ao ser questionado sobre o assunto.

"Acho que não é profissional nem maduro, mas também vejo que você provavelmente está interessado que eu rebata", acrescentou o piloto da Ferrari.

"Não tenho muito interesse nisso, além de dizer que, para nós, a melhor maneira de responder é provavelmente voltar ao normal.”

"Não é certo levar isso longe. Mas, novamente, viva e deixe viver. Se é isso que ele pensa, é o que ele pensa. Se na próxima semana ele pensar algo diferente, então, no final, não nos importamos muito", acrescentou.

Vettel culpou problemas de configuração pela queda no desempenho e espera que a equipe italiana volte a vencer em Interlagos no domingo.

A Mercedes já conquistou os títulos de construtores e pilotos em 2019 pela sexta temporada consecutiva.

Esporte