PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Sob comando de Tuchel, PSG mostra coragem e espírito de equipe em vitória sobre o United

14/02/2019 10h43

Por Julien Pretot

PARIS (Reuters) - A vitória de 2 x 0 do Paris St Germain sobre o Manchester United em Old Trafford na terça-feira mostrou que os campeões franceses podem finalmente ter encontrado sob o comando do técnico Thomas Tuchel o ânimo e o espírito de equipe que lhes faltou nos últimos anos.

Muitos previam uma derrota para o renovado United na partida de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, já que os atacantes Neymar e Edinson Cavani desfalcaram a equipe por lesões.

Mas o PSG se mostrou à altura e entrou em campo com um time compacto e sem medo – um grande contraste com o time que desperdiçou uma vantagem de 4 x 0 na partida de ida contra o Barcelona e perdeu por 6 x 1 no jogo de volta no mesmo estágio da competição em 2017.

O treinador alemão assumiu o lugar de Unai Emery no ano passado, e o clube, cujo proprietário é do Catar, quer brilhar no palco continental após quatro eliminações consecutivas nas quartas de final seguidas de dois fiascos sucessivos nas oitavas.

Marquinhos, que mandou no meio-campo com Marco Verratti, lembra de uma reunião com Tuchel que acredita ter sido essencial para o desempenho do time.

"Essa reunião foi muito importante", contou o brasileiro, que normalmente atua como zagueiro.

"O técnico nos deu a estratégia. Ele começou com o aspecto defensivo, sublinhando as qualidades do ataque do adversário e sua velocidade no contra-ataque."

"Ele insistiu para que não perdêssemos a bola muito rápido depois de recuperá-la no meio-campo".

Os atuais líderes do Campeonato Francês, que praticamente já asseguraram o título da liga local, terão agora três semanas para se preparar para o jogo de volta em Paris e buscarão evitar uma derrocada similar à que sofreram no Camp Nou em 2017.

Esporte