PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Fifa limitará empréstimos de jogadores na temporada 2020-21, diz jornal

30/11/2018 11h23

(Reuters) - A Fifa está prestes a estipular um limite ao número de jogadores que podem ser emprestados por um único clube na temporada 2020-21, e a quantidade definitiva será decidida no início do ano que vem, noticiou a mídia britânica.

Alguns times europeus vêm usando o sistema de empréstimos para manter um grande número de jovens talentosos à sua disposição, dando-lhes a chance de integrar as equipes principais de outros clubes e muitas vezes vendendo-os com lucro.

De acordo com o jornal The Times, a restrição já foi ratificada pela entidade global do futebol e o limite deve ser de seis a oito jogadores, com um máximo de dois acordos por temporada entre dois times.

Neste ano a Fifa já havia dito que seu comitê de participantes, que conta com representantes de clubes, ligas, jogadores e associações nacionais, apoiou propostas para reformar o sistema de transferências.

O relatório de uma força-tarefa da Fifa, visto pela Reuters, disse que o esquema atual "às vezes impede jogadores jovens de desenvolver plenamente seu talento", acrescentando que um time não identificado emprestou 146 jogadores entre 2011 e 2017.

Após uma reunião em Londres em setembro, o comitê de participantes concordou que os empréstimos devem ser usados para desenvolver jovens, e não para "exploração comercial".

A entidade também apoiou regulamentos mais rígidos para agentes, o que inclui limites sobre o quanto podem ganhar e quantas partes diferentes podem representar em uma dada transação.

(Por Shrivathsa Sridhar, em Bengaluru)

Esporte