Adriana Samuel valoriza apoio de longo prazo aos atletas

Na última quinta-feira (13), no Prédio do Senado, no centro do Rio de Janeiro, o Time Petrobras realizou um evento com os atletas da sua equipe. Adriana Samuel, ex-atleta olímpica de vôlei de praia e gerente do Time, estava presente na cerimônia e contou um pouquinho para o OTD sobre o valor que a Petrobras agrega na vida dos competidores.

IMPORTÂNCIA DO APOIO

Entrevistada pelo OTD, a gerente deixou claro o quão importante é o Time Petrobras para as pessoas que, normalmente, poderiam não ter apoio: "Bom, eu, como ex-atleta, (competindo) durante 22 anos da minha vida, tenho um lugar mais do que de fala para dizer da importância de um patrocínio na carreira e no desenvolvimento de um atleta. Poucas são as empresas que têm esse olhar para o longo prazo. A Petrobras, graças a Deus, ela enxerga o esporte de outra maneira. Você tem que apoiar o atleta desde o começo, e não somente às vésperas dos Jogos Olímpicos. Muitas empresas também cobram muito o resultado. Só serve e só continua um patrocínio se tiver medalha. Eu acho que isso não faz parte da gente, mas é óbvio que a gente quer (medalhas), quanto mais conquistas, melhor o projeto. Mas, a gente também valoriza muito a dedicação, o empenho, a luta de cada atleta e que, eventualmente, alguns conseguem chegar (nas Olimpíadas) e outros não.

RECADO PARA OS FUTUROS MEDALHISTAS

Adriana Samuel ainda deixou um pequeno recado para aqueles que estão a caminho da sua primeira Olimpíada: Alguns atletas que vão estar em Paris já experimentaram os Jogos Olímpicos. Porém, eu vou deixar uma mensagem para quem nunca esteve. Eles só vão constatar o quão especial e o quão mágico é disputar uma Olimpíada. Óbvio, tenham muito foco e concentração, mas aproveitem e curtam aqueles dez dias mágicos na vida do atleta.

ADRIANA SAMUEL

Ainda nos anos 90, a, na época, atleta conquistou o Mundial de Haia-1993, colocando o Brasil no mapa do vôlei de praia. Porém, ais tarde, em 1996, a mais pesada medalha de sua carreira viria, a prata nas Olimpíadas de Atlanta. Por fim, no último ano do século XX, mais uma medalha olímpica, desta vez um bronze em Sydney.

Deixe seu comentário

Só para assinantes