Felipe Ignacio supera confusão e vai às quartas do Brasileiro Elite

Na primeira sessão do Campeonato Brasileiro Elite de boxe, oito lutas pela fase de oitavas de final da categoria até 80kg marcaram o terceiro dia da competição nacional, que acontece no Ginásio Nilson Nelson, em Brasília-DF. O destaque do período ficou por conta da vitória de Felipe Ignacio, integrante da seleção brasileira, que superou uma breve confusão para se garantir nas quartas do torneio. Na tarde, 24 combates darão sequência ao campeonato.

Abrindo o terceiro dia do evento, Felipe entrou em cena na categoria até 80kg. Membro da equipe olímpica permanente do Brasil, ele subiu no ringue para enfrentar o sergipano Ademilson Junior. Felipe iniciou superior ao seu adversário e saiu na frente por 4 a 1. Depois, ele subiu o ritmo e conseguiu a vitória no placar total por unanimidade. Ao fim do segundo round, ambos os atletas tiveram um leve desentendimento, que rapidamente foi apaziguado pela juíza. "Primeira luta é sempre um pouco mais mental, mas agora eu quebrei esse gelo. Tá tudo bem graças a Deus e agradecer a todo mundo pela torcida, vamos para cima", analisou Felipe.

Lailson Jesus, do Paraná, começou imprimindo um volume intenso e largou em vantagem por 5 a 0 contra Armen Branco, do Mato Grosso do Sul. Ele repetiu a dose no round posterior e colocou seu rival no limite das contagens. Por fim, a quarta paralisação da arbitragem determinou a classificação de Lailson por RSC no terceiro assalto. Já no terceiro duelo da sessão, o mineiro Alan Elias dominou o roraimense Alisson Mota do início ao fim. Sem dar espaço para qualquer reação do adversário, ele sacramentou seu triunfo no Brasileiro Elite logo no segundo round, diante de uma intervenção do juiz.

Na sequência, Otavio Luz, do Amapá, teve um bom início de combate contra Gabriel Cohen, de Pernambuco. Nos dois primeiros assaltos, ele levou a melhor na decisão dividida. Gabriel cresceu na luta no terceiro round e saiu com a vitória no terceiro round. Porém, o resultado não foi o suficiente, já que Otavio se saiu vitorioso na opinião de três juízes. O carioca Lucas Diniz não tomou conhecimento do tocantinense Samuel Gomes e confirmou sua vaga na próxima fase já no round inicial, onde a arbitragem decretou o fim do confronto por RSC.

Jomario triunfa por RSC e avança

O baiano Jomario Cruz mostrou o motivo de ser considerado um dos favoritos ao título na chave até 80kg do Brasileiro Elite. Ele iniciou aplicando investidas com intensidade e controlando as ações do combate. Dessa forma, o representante da Bahia terminou sua participação no dia com um triunfo por RSC. "A luta foi muito importante, graças a Deus saímos com a vitória, RSC no segundo round, vamos para a próxima", comentou Jomario. Depois, outra classificação via intervenção da arbitragem, agora do cearense Juan Bezerra. Ele bateu Lucas Bastos, do Distrito Federal.

No encerramento da sessão, o paulista Kaue Bellini encarou o paraibano Maksuel Santos. Com os melhores golpes conectados, ele levou os dois primeiros assaltos por 5 a 0. No último round, Kaue apenas administrou sua larga vantagem e sacramentou o resultado ao seu favor na decisão unânime. "Foi um combate bom, bastante técnico, um atleta bem experiente. Mas eu consegui impor o meu jogo e trazer mais uma vitória para o estado de São Paulo. Vamos nessa que amanhã tem mais", disse Kaue. Na sessão da tarde, ocorrerão 24 confrontos das seguintes categorias: 57kg, 71kg e 92kg, no masculino, e 54kg, no feminino. Você pode acompanhar todos os combates através da transmissão ao vivo do canal da CBBoxe no YouTube.

Deixe seu comentário

Só para assinantes