PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Cinco motivos para acreditar na classificação do Corinthians na Bombonera

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

05/07/2022 08h51

Cinco motivos para acreditar na classificação do Corinthians na Bombonera

Após 10 anos da conquista do primeiro título da Copa Libertadores, em cima do Boca Juniors, o Corinthians irá decidir o futuro na Bombonera, nesta terça-feira (05), às 21h30, pela partida de volta das oitavas de final.

Para quem acredita em superstição, o fato do Timão ter levantado o troféu no dia 4 de julho pode ser contado como algo positivo. No entanto, existem mais motivos para a Fiel torcida acreditar em uma classificação.

Não é o melhor Boca Juniors

O Corinthians jogou contra a equipe Argentina três vezes em 2022, e não perdeu nenhuma vez. Foram 2 empates e 1 vitória da equipe paulista. Atuando na Bombonera, pela fase de grupos, mesmo com Cantillo e Vitor Pereira expulsos, o Timão segurou o empate por 1 a 1.

Aprendizado com o tipo de jogo do adversário

A partida da fase de grupos mostrou que o time não pode ter comportamentos juvenis no campo do Boca. Até mesmo o experiente Cássio, aprendeu que não pode acreditar no ‘fair play’ do adversário. O goleiro jogou uma bola para lateral para o atendimento de Fábio Santos e viu os Xeneizes não devolver a bola e ainda criarem confusão em campo.

Reforços

Autor do gol do Corinthians na fase de grupos, Du Queiroz está recuperado de uma lesão e será reforço para Vitor Pereira. O meio-campo não jogou na partida de ida.

Cantillo e Rafael Ramos também estão disponíveis, além de Gil e Willian que devem estar no banco de reservas como opções.

Cássio

O goleiro do Boca Juniors, Augustín Rossi, pegou um pênaçti de Róger Guedes e foi muito elogiado pela mídia argentina por boas atuações em cobranças de penalidades.

No entanto, pelo lado do Timão também existe muita confiança no goleiro Cássio. Nesta Libertadores, ele chegou a 22 pênaltis defendidos após defender batida de Téo Gutíerrez, contra o Deportivo Cali.

Pode de reação

O Corinthians de Vitor Pereira só perdeu 2 partidas consecutivas uma única vez: para o São Paulo (semifinal do Paulistão) e Always Ready, na estreia da Copa Libertadores. Os números melhoraram e depois de 24 jogos a equipe somou apenas 3 derrotas.

O time mostrou bom poder de reação após derrotas nos jogos anteriores: depois de perder por 3 a 0 do Palmeiras, a equipe venceu o Boca Juniors por 2 a 0; e após perder para o Cuiabá por 1 a 0, somou 7 pontos em 9 possíveis e goleou o Santos por 4 a 0 na Copa do Brasil.

Futebol