PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Adesanya admite que não fez sua melhor luta contra Cannonier no UFC 276

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

03/07/2022 15h48

Israel Adesanya defendeu com sucesso seu cinturão dos médios do UFC ao vencer Jared Cannonier no sábado (2) na luta principal do UFC 276. Mas o duelo em si não foi a melhor apresentação do nigeriano em sua carreira.

Sem se engajar no combate franco e preferindo estratégia de usar os chutes baixos para incomodar o rival, o campeão foi vaiado após o duelo e admitiu que talvez o duelo deste sábado não tenha sido sua melhor performance no Ultimate.

– E mesmo assim eu o f***. Eu estava na luta, mas eu não conseguia encontrar meus socos potentes e meus chutes. Jared estava se ajustando bem. Não era somente eu contra ele, era eu contra o tume dele – disse Adesanya na coletiva pós-luta.

LEIA TAMBÉM

+ UFC 276: Adesanya e Volkanovski vencem e mantém seus cinturões

O ‘Last Stylebender’ também abordou as vaias dos presentes à T-Mobile Arena durante sua luta. O campeão rebateu os críticos de sua performance e usou outras lendas dos esportes de combate para defender sua estratégia diante de Cannonier

– Que eles se f**. Eles ficam sempre desde cedo, estão bêbados e não sabem o que é uma luta de verdade. Eu disse que todos os grandes já tiveram um ponto assim. Georges St-Pierre, Muhammad Ali, Floyd Mayweather, eles todos seriam vaiados. Eu penso ‘o que esses caras estão assistindo?’. Você chega no ponto em que as pessoas querem te assistir para ver você perder. Eles querem que você perca, não importa como. Se você não tem uma performance espetacular, dizem que você não é tão bom assim – comentou o nigeriano.

Agora, Adesanya possivelmente terá o brasileiro Alex Poatan, que nocauteou Sean Strickland também no UFC 276. E o ‘Stylebender’ já admite que terá que encarar um rival que foi seu algoz por duas vezes nos tempos de kickboxing, mas promete que as coisas serão diferentes no MMA,

– Alex é o próximo. Eu vi ele lutar, foi uma boa luta, mas o Sean deveria ter chegado mais focado, como eu disse. Quando iremos lutar eu não sei. Poatan já me venceu duas vezes no kickboxing, mas agora ele me persegue porque sabe aqui eu sou o rei. E ele quer tirar isso de mim, e todos sabem o que acontece – comentou.

Futebol