PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Análise: Resultado foi melhor que o futebol apresentado pelo Flamengo contra o Tolima

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

30/06/2022 07h00

Análise: Resultado foi melhor que o futebol apresentado pelo Flamengo contra o Tolima

A Libertadores da América continua dando sustos aos grandes clubes brasileiros. Na noite da última quarta-feira (29) não foi diferente, e o Flamengo teve grande dificuldade para vencer o Tolima por 1 a 0, na Colômbia, pela partida de ida das oitavas de final, com um gol aos 16 minutos do primeiro tempo, que teve a marca da sorte, pois Andreas Pereira pegou um petardo sensacional de fora da área. Este foi o resultado final, que pode ter sido o jogo de despedida do jovem atleta no time rubro-negro.

Siga o Esporte News Mundo no InstagramTwitterFacebook e Youtube.

O jogo começou com um susto tremendo para o Flamengo. Caicedo, um dos principais jogadores do Tolima, aproveitou um lançamento pelo lado esquerdo, invadiu e fuzilou o gol de Santos. A sorte é que tinha alguém impedido no ataque da equipe colombiana. O lance aconteceu aos seis minutos de jogo.

Neste primeiro tempo, assistimos uma briga muito boa entre Caicedo e David Luiz. Vantagem para o zagueiro do Flamengo. Com 28 minutos, o goleiro Santos falhou, a bola chegou quase dentro do gol e Léo Pereira salvou em cima da linha.

Aos 38, mais um susto para o Flamengo. Caicedo arrancou pela direita, passou pelo marcador e tentou o canto esquerdo. Santos estava bem colocado e fez boa defesa. No primeiro tempo, o lado esquerdo da defensiva rubro-negra falhou muito. As oportunidades para o Tolima foram muitas.

O que de bom aconteceu no primeiro tempo foi a atuação de Rodinei, que talvez tenha jogado uma de suas melhores partidas na equipe da Gávea. Os primeiros 45 minutos mostraram um Flamengo apático e lento.

No período complementar, o Flamengo voltou mais animado. Mesmo assim, o meio de campo não conseguia armar as jogadas e por isso ficava muito difícil para Arrascaeta, Everton Ribeiro e Gabigol, que ficavam perdidos pelo ataque. A bola não chegava.

Aos 50 minutos de jogo, Gabigol e Riasco brigaram e o árbitro deu cartão amarelo para os dois. Aos 56 minutos, Dorival Júnior fez a primeira substituição. Tirou Diego Ribas e colocou Ayrton Lucas. Alteração para garantir o placar, pois o Tolima estava à beira do empate.

No minuto 66 da partida, o técnico voltou a mexeu no time. Saíram Everton Ribeiro e Filipe Luís para as entradas de Marinho e Lázaro. Adiantou pouco, porque o meio de campo não conseguia criar. O treinador ainda colocou Matheuzinho e Pedro nas vagas de Rodinei e Gabigol.

Com 89 minutos de jogo, é que o Flamengo conseguiu chegar ao gol do Tolima. Lázaro invadiu pela direita e arremessou, mas foi para fora. Aos 93, Arrascaeta lançou Pedro, que estava livre pelo comando de ataque, e ele não acertou o gol adversário.

O resultado deste duelo vai ficar anotado como um presente dos deuses do futebol pelo que jogou o Flamengo. O Tolima dominou todo o primeiro tempo e dividiu as oportunidades com o Rubro-Negro no período final. Se acontecesse um empate, não seria nada anormal.

+ David Luiz comemora resultado contra Tolima: "soubemos sofrer e defender quando tínhamos que defender"

+ Atuações ENM: Andreas faz gol de despedida, Léo Pereira e Rodinei também se destacam; Veja notas

Para a segunda partida, na próxima quarta-feira (6), no Maracanã, novamente às 21h30 (de Brasília), o técnico deverá mexer, principalmente no meio de campo, que não rendeu o esperado.

Futebol