PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Russel Westbrook exerce Player Option de 47 milhões de dólares com os Lakers

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

28/06/2022 13h29

Russel Westbrook Lakers Player Option

Com o período de Free Agency, época de negociação dos jogadores sem contrato, cada vez mais perto, as definições em contratos com Player Option (opção do jogador) vão se definindo. Após o principal alvo dos Lakers, Kyrie Irving, definir seu futuro nos Nets, dessa vez foi Russel Westbrook quem aceitou seu último ano de contrato, recebendo 47 milhões de dólares, com a equipe da Califórnia, segundo informações de Adrian Wojnarowski, insider da ESPN americana.

Russel Westbrook chegou no Los Angeles Lakers com uma troca que envolveu a ida de Kyle Kuzma, Kentavious Caldwell-Pope, Montrezl Harrell e a escolha número 22 do Draft de 2021 para o Washington Wizards para fazer o trio com LeBron James e Anthony Davis em busca de mais um anel, mas encontrou grandes problemas pelo caminho, o que fez o trio jogar junto em apenas 21 partidas da temporada regular.

Individualmente Westbrook também decepcionou, entregando atuações muito abaixo do que se esperava de um jogador com o maior salário da equipe. Com seu pior desempenho em média de pontos por jogo desde a temporada 2009-2010, sua segunda na NBA, Russel não conseguiu guiar os Lakers sequer a vaga nos play-ins, terminando a campanha da franquia ainda na temporada regular.

Russell Westbrook foi visto na apresentação do novo técnico dos Lakers, Darvin Ham, com um clima muito agradável e feliz. Após demonstrar grandes diferenças com o técnico Frank Vogel, que comandou os Lakers à campanha vitoriosa na bolha em 2020, o armador de 33 anos pareceu feliz com a chegada do ex-assistente do Milwaukee Bucks, que o defendeu na sua coletiva de apresentação.

“Russel é um dos melhores jogadores que nossa liga já viu, e ainda tem muito no tanque para gastar,” comentou Ham. “Não sei porque as pessoas tendem a tentar tirá-lo disso. Russel e eu tivemos conversas muito boas, e o foco principal delas sempre foi a palavra sacrifício. Vamos sacrificar o que tivermos que sacrificar, e isso não se resume a apenas Russ. Sacrifícios terão que ser feitos por LeBron, por Davis e por todo o restante do elenco.”

Russel terá o maior salário da franquia californiana e o terceiro maior salário da NBA, apenas atrás de Stephen Curry e James Harden, se este aceitar sua Player Option com os 76ers, após John Wall ter recusado seu último ano de contrato com os Rockets. Os Lakers ainda buscam trocas na liga para diminuir sua folha salarial e conseguir montar uma equipe mais competitiva ao redor de LeBron e Davis, mas tem tido problemas para encontrar interessados em absorver os 47 milhões de dólares do terceiro maior salário da liga após uma temporada decepcionante.

Futebol