PUBLICIDADE
Topo

Liga das Nações - 2022/2023

Holanda vence País de Gales no fim e fica perto de classificação na Nations League

Jogadores da Holanda celebram gol sobre País de Gales na Liga das Nações - Geert van Erven/Orange Pictures/BSR Agency/Getty Images
Jogadores da Holanda celebram gol sobre País de Gales na Liga das Nações Imagem: Geert van Erven/Orange Pictures/BSR Agency/Getty Images

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

14/06/2022 17h54

A Holanda venceu o País de Gales de forma dramática por 3 a 2 na tarde desta terça-feira (14), pela quarta rodada da Uefa Nations League. Em jogo disputado em Rotterdam, Lang e Gakpo marcaram no primeiro tempo, Johnson e Bale empataram, mas Memphis marcou no fim e garantiu a vitória holandesa.

Com o resultado, a Holanda foi a 10 pontos no Grupo 4 da Liga A e manteve os três pontos de distância para a Bélgica na liderança. Já Gales segue na lanterna, com um ponto e luta contra o rebaixamento.

A Holanda só volta a entrar em campo no dia 22 de setembro, quando visita a Polônia, assim como o País de Gales, que joga fora de casa contra a Bélgica. Ambos os jogos serão válidos pela quinta rodada.

O JOGO

Primeiro Tempo

Mesmo atuando diante de sua torcida, a Holanda apostou na saída em contra-ataques nos primeiros minutos. Com muitos garotos em campo, as saídas em velocidade se mostraram uma alternativa à seleção.

A primeira chegada dos holandeses foi justamente dessa forma. Malacia chegou pela esquerda e deu cruzamento venenoso por baixo, mas Hennessey defendeu. Pouco depois, em escapada rápida, Lang apareceu livre na entrada da área e bateu firme para mais uma defesa do goleiro.

Melhor no jogo, a Holanda abriu o placar aos 17 minutos. Numa roubada de bola de Teze no ataque, Janssen viu Lang livre pelo meio, o jovem de 22 anos dominou, limpou bonito a marcação e bateu sem chances para Hennessey, para marcar seu primeiro gol pela seleção.

E não demorou para os holandeses ampliarem o marcador. Aos 23 minutos, Janssen ganhou disputa pelo alto e a bola ficou com Gakpo, que bateu em cima de Mepham, mas aproveitou o rebote e emendou um chutaço de primeira.

Apenas três minutos depois, a acuada seleção do País de Gales conseguiu balançar as redes. Teze vacilou na saída de jogo, James bateu a carteira do ala e Wilson lançou Brennan Johnson, que bateu de primeira, da entrada da área, no cantinho de Cillessen.

Após os minutos movimentados, o jogo passou a ficar mais faltoso e o juiz teve que mostrar cartões para acalmar os ânimos, Apesar disso, a Holanda foi quem tomou conta do jogo e ficou com a bola do jeito que quis.

Quem quis emoção foi o goleiro Cillessen, que recebeu recuo e hesitou a soltar a bola. Johnson tentou ser mais esperto e chegou de carrinho, mas o goleiro afastou a bola da pequena área no último instante.

Do outro lado, Hennessey também quase cometeu um erro que gerou um gol. O goleiro tentou sair jogando curto, mas Janssen foi mais rápido, se adiantou à marcação e bateu de longe, à direita do gol, no último lance da primeira etapa.

Segundo Tempo

Assim como foi na etapa inicial, a Holanda voltou forte do intervalo e buscando o terceiro gol. Gakpo teve uma boa chance depois que Davies e Rodon bateram cabeça na intermediária e Janssen aproveitou para lançar o atacante, que bateu da entrada da área e Hennessey espalmou.

Com a Holanda toda postada no campo de ataque, ficou difícil para Gales conseguir avançar suas peças. Numa rara chegada, Johnson bateu rasteiro de longe, mas Cillessen fez defesa firme.

Na melhor oportunidade da Holanda na etapa final, Janssen recebeu de Gakpo na entrada da área e bateu de canhota, Hennessey se esticou todo e foi no ângulo para fazer a defesa em dois tempos.

O jogo voltou a ficar acelerado quando Johnson recebeu na área e arrematou livre de marcação, mas a bola pegou no próprio companheiro e evitou o gol. No contra-ataque, Gakpo foi lançado pela direita e tentou chute cruzado, mas mandou para fora.

Com mudanças, o ataque holandês ganhou gás e quase ampliou. Gakpo dominou pela direita, deu lindo drible em Mepham e ajeitou para Bergwijn, que apareceu livre na área, mas bateu muito mal e perdeu uma chance inacreditável.

Já aos 44 minutos, Malacia e Davies disputaram uma bola no alto dentro da área e o juiz apontou pênalti. Após longa revisão, o VAR confirmou a falta. Bale foi para a bola e só deslocou Cillessen, para deixar tudo igual.

De forma impressionante, na saída de jogo a Holanda conseguiu o terceiro gol. Martins Indi despachou para o ataque, Dumfries ganhou pelo alto e Memphis apareceu na área para tocar por baixo e marcar o gol da vitória da Holanda.

FICHA TÉCNICA

Uefa Nations League - Liga A, Grupo 4, 4ª Rodada

Holanda 3×2 País de Gales

Data: 14/06/2022, 15h45 (de Brasília)

Estádio: Stadion Feijenoord, Rotterdam, Holanda

Gols: 1ºT - 17' Lang e 23' Gakpo (Holanda) e 26' Johnson (Gales) 2ºT - 47' Bale (Gales e 48' Memphis (Holanda)

Holanda (3-4-1-2): Cillessen; Teze (de Vrij), de Ligt e Martins Indi; Hateboer (Dumfries), Koopmeiners, Frenkie de Jong e Malacia; Gakpo, Janssen (Memphis) e Lang (Bergwijn). Técnico: Louis van Gaal.

País de Gales (3-5-2): Hennessey; Joe Rodon (Chris Gunter), Ampadu e Mepham; Burns (Connor Roberts), Harry Wilson, Matt Smith (Aaron Ramsey), Ben Davies e Sorba Thomas;Daniel James (Bale) e Brennan Johnson. Técnico: Robert Page.