PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Médico nutrólogo Geovane Júnior dá dicas a atletas para emagrecimento e hipertrofia

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

04/06/2022 16h42

Atletas, homens e mulheres, no início das atividades físicas, possuem como objetivo uma das opções: emagrecimento, hipertrofia ou as duas juntas. A ida na academia, aliada à dieta adequada ao perfil, passa a dar mais bem-estar e qualidade de vida ao praticante dos exercícios.

Neste caminho, é importante o auxílio de especialistas, para que os hormônios de cada indivíduo auxiliem da melhor maneira. O Esporte News Mundo procurou o médico nutrólogo Geovane Júnior, que deu dicas a quem está começando neste projeto de vida, falando sobre cada tipo de hormônio e a reposição hormonal.

TIREOIDE

“Muitos dizem que a tireoide faz engordar, entretanto não é muito assim. Explico: o hipotireoidismo é quando a tireoide produz os hormônios com redução na quantidade. Essa queda na produção faz desacelerar o metabolismo do corpo e, consequentemente, a pessoa vai ter dificuldade para emagrecer. Há certa influência, mas a causa é mais uma junção do hipotireoidismo sem controle, com a alimentação ruim e a falta de atividade física”

TESTOSTERONA

“No caso da testosterona, vou dar alguns exemplos. Primeiro com as mulheres. E parte significativa delas usam anticoncepcional. Nele, há hormônios femininos, eles causam interferência total na testosterona. Nestes casos, há a necessidade de ida a um médico para dosagem para um controle que auxilie no emagrecimento.

Outro exemplo, agora com os atletas. Quando praticamos com intensidade o exercício físico, há um aumento dos hormônios anabólicos de forma natural. Em homens com menos 45 anos a produção de testosterona ainda se mantém em níveis ótimos e pode ir decaindo conforme os anos vão passando.

A testosterona é o principal hormônio masculino relacionado à força e tônus muscular, manutenção da composição corporal e baixo índice de gordura. Conforme envelhece, a produção cai de forma drástica”

GH

“O GH é um hormônio lipolítico e precisamos dele funcionando de maneira correta para que tenhamos um melhor funcionamento do metabolismo e do processo de quebra de gordura, o que facilita no emagrecimento”

CORTISOL

“O cortisol está relacionado ao estresse, e ele é inimigo do emagrecimento. Não vamos deixar de nos estressar, mas precisamos aprender a não deixar que o estresse siga diariamente. O segredo está em gerenciar esses conflitos”

REPOSIÇÃO HORMONAL

“Se algum desses hormônios está em níveis inadequados, é sim, indicado fazer o controle ou, em caso de deficiência, a reposição. Após minuciosa avaliação, se for preciso, a reposição hormonal precisa ser feita. Estes são os hormônios mais importantes no processo de emagrecimento e de hipertrofia muscular. Por isso é preciso estar com todos eles controlados, para poder auxiliar em todo o processo”

Futebol