PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Atuações ENM: Courtois segura ataque do Liverpool e Vini Jr. coroa temporada mágica com gol do título

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

28/05/2022 18h52

O Real Madrid se sagrou campeão da Uefa Champions League neste sábado (28) em um jogo que condensou exatamente o que o clube fez ao longo da temporada. Apesar de sofrer na defesa, fez seu jogo e levantou a taça com gol de um dos seus principais jogadores.

O primeiro tempo do Real Madrid foi um resumo do que o clube fez durante toda a Champions. Se retraiu todo na defesa em busca de um contra-ataque e não finalizou nenhuma vez em direção ao gol. O destaque individual foi Courtois, que fez importantes defesas.

Na etapa final, o Real Madrid controlou mais a partida e conseguiu chegar mais ao ataque. Da forma que esperava, fez o gol do título em um contra-ataque, com Vinícius Jr. Na defesa, conseguiu se segurar bem e contou com grande atuação de Courtois para segurar Salah e Mané.

DESTAQUES:

Courtois: O goleiro foi o responsável por parar Mané e Salah, e fez grandes defesas tanto no primeiro, quanto no segundo tempo. 

Valverde: Mesmo fora de posição, o uruguaio surpreendeu atuando pela direita e nem colocou dúvida sobre Ancelotti a respeito da entrada de Rodrygo. Deu a assistência para o gol do título.

Casemiro: Um leão no setor defensivo. Fez com que os zagueiros tivessem um jogo mais tranquilo que o esperado e dominou o meio de campo do Liverpool.

CONFIRA AS NOTAS DOS JOGADORES DO REAL MADRID:

Courtois: Um dos melhores jogadores em campo, foi fundamental no título do Real Madrid. Apareceu muito bem quando exigido e parou Mané e Salah – 9,0;

Carvajal: Firme na defesa, pouco precisou ser acionado ao ataque e conseguiu concentrar as ações em evitar o ímpeto de Mané e Luis Díaz pelo lado direito – 6,5;

Éder Militão: O zagueiro foi muito bem em uma partida em que precisou ser exigido. Contundente, não deu espaços para o ataque adversário – 7,0;

Alaba: Assim como o companheiro, não comprometeu em nada e conseguiu segurar o Liverpool. Atuação irretocável – 7,0;

Ferland Mendy: Responsável por marcar o principal jogador do Liverpool e um dos melhores do mundo, o lateral foi bem no que se propôs defensivamente – 7,0;

Casemiro: Segue sendo um dos melhores volantes do planeta e a final mostrou  o motivo. DOminou completamente o meio de campo e não deixou Thiago Alcântara jogar – 8,5;

Kroos: Cadenciou o jogo e ajudou muito na saída a partir da defesa. Na recomposição também se sacrificou e marcou bem o meio de campo adversário – 6,5;

Modric: Discreto com a bola no pé, não comprometeu e ainda ditou o ritmo no meio de campo do Real Madrid com calma e experiência – 7,0;

Valverde: Atuando fora de posição, teve um desempenho acima do esperado, com a assistência para o gol, qualidade dna chegada ao ataque e recomposição na defesa. – 8,5;

Vinícius Jr.: Foi ameaça constante pelo lado esquerdo e ajudou a prender Alexander-Arnold. Consagrou a temporada mágica com o gol do título – 9,0;

Benzema: Apesar de não ter conseguido demonstrar o futebol de toda temporada, foi importante para ter a atenção da defesa do Liverpool e abrir espaços para Vin Jr. – 7,0.

SUBSTITUIÇÕES:

Camavinga: Pouco fez em campo e tentou uma finalização que mandou nas arquibancadas. Não comprometeu no tempo que teve – 5,5;

Ceballos: Sequer tocou na bola – S/N;

Rodrygo: Pouco fez nos minutos finais em campo – S/N.

Futebol