PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Vítor Pereira diz não temer enfrentar Boca Juniors e ameniza polêmica com Róger Guedes: 'Já conversamos'

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

27/05/2022 19h34

Suspenso para a partida contra o Always Ready, o técnico Vítor Pereira não pôde conceder entrevista coletiva após o empate do Corinthians pela Libertadores, mas falou com jornalistas no CT Joaquim Grava nesta sexta-feira (27).

O treinador abriu sua fala abordando a frase que disse após o jogo contra o São Paulo, quando comparou o trabalho no Corinthians ao Liverpool, da Inglaterra, e gerou debates entre torcedores nas redes sociais ao longo da semana.

? Quero abordar a minha infeliz discussão sobre o Liverpool para explicar o que quis dizer. Não fui feliz ao expressar o que pretendia, muitas vezes estamos querendo expressar algo e não conseguimos. Interrompi meu raciocínio e a fala ficou esquisita. Peço desculpas. O Corinthians é um grande clube, me trata bem, me faz sentir em família. Sou grato ao clube ? justificou.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Vítor Pereira também falou sobre outro tema que repercutiu entre a Fiel: o desentendimento com o atacante Róger Guedes. O treinador amenizou a polêmica e disse que busca encerrar o assunto.

? Quando cheguei aqui, o [presidente] Duílio [Monteiro Alves] me pediu para ser exigente. Todos os meus títulos foram à base de exigência, compromisso, trabalhar no limite, dar tudo de nós, estar sempre no nosso melhor momento em treino e jogo. Minha exigência comigo tem de ser igual a dos meus atletas com eles, para Róger ou qualquer um. Já conversamos. Ele é quase um filho, é boa pessoa, mas você tem uma, duas, três conversas e não vê alteração nenhuma, depois só dá para acreditar nas ações.

? Hoje estou convencido no caso do Róger. Fica a sensação que eu sou o mal por exigir o melhor para o clube, para colocar todos no mesmo nível, para lutar, ser competitivo, eu que sou mal. Isso não posso aceitar. Dizem que não tinha a necessidade de expor, mas chega a altura que precisa expor ? explicou o treinador.

Vítor Pereira falou sobre relação com Róger Guedes. Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians.

+ Classificação para as oitavas da Libertadores rende premiação milionária ao Timão

+ Dupla lamenta resultado e chances perdidas no empate com Always Ready

O comandante projetou a partida contra o Boca Juniors, pelas oitavas de final da Libertadores, mesmo adversário da fase de grupos. Para Vítor Pereira, o Timão não tem o que temer contra os Xeneize.

? Quem me garante que, pegando uma equipe mais fraca, a gente passaria? Não temos que ter medo, temos que encarar a realidade. Saber que lá é difícil, que o ambiente que se cria naquele estádio não é fácil. Os argentinos têm essa particularidade de jogar com o clima do jogo. Mas também vamos jogar em casa com a nossa torcida. E quando eu falo da torcida do Corinthians, é a melhor torcida que já encontrei ? avaliou o técnico português.

Vítor Pereira concedeu entrevista coletiva no CT Joaquim Grava. Foto: Felipe Szpak/Agência Corinthians.

Futebol