PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Time ideal? Felipão busca manter base titular, mas pode ter desfalque para Libertadores

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

25/05/2022 11h52

Após vencer dois jogos seguidos e usando a mesma escalação, o técnico do Athletico, Felipão, comentou após a vitória que aos poucos está definindo a escalação e o time ideal do Furacão. Entretanto, o zagueiro Pedro Henrique segue sendo uma dúvida para a próxima partida, o duelo diante do Caracas (VEN), às 19h, na Arena da Baixada. Com sete pontos e na segunda colocação, um empate garante o Athletico na próxima fase da competição.

+ Líder, segundo colocado ou eliminado? Veja as probabilidades do Athletico na Libertadores

O Athletico entrou em campo nos últimos dois jogos com: Bento; Khellven, Pedro Henrique, Nico Hernández e Abner; Hugo Moura, Christian e David Terans; Tomás Cuello, Canobbio e Pablo. Entre as mudanças, Khellven, Nico Hernandez e Christian são peças que viraram titulares com Felipão. Após a vitória, o treinador, em entrevista coletiva, afirmou que está é a base titular no momento.

– No momento, essa é a equipe ideal. Dentro do possível, pelas lesões e algumas situações que temos dentro do clube, em primeiro lugar queremos dar uma organização à equipe. Para depois, se a gente precisar mudar, eles conhecerem o que queremos. Mas no momento essa é a equipe ideal. 

Para saber tudo sobre o Athletico, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e no Facebook.

O zagueiro Pedro Henrique é uma preocupação do técnico Felipão. O jogador saiu machucado e chorando na vitória contra o Avaí, no último domingo (22). Após o jogo, Felipão disse que em um primeiro momento a lesão não preocupa tanto, foi mais o susto. Entretanto, o zagueiro segue sendo dúvida e pode ser preservado. O último treino do Athletico será no final da tarde desta quarta-feira (25) e deve definir a situação de Pedro Henrique. Se não atuar, a principal opção para a zaga é Matheus Felipe. Um provável Athletico deve ir a campo com: Bento; Khellven, Pedro Henrique (Matheus Felipe), Nico Hernández e Abner; Hugo Moura, Christian e David Terans; Tomás Cuello, Canobbio e Pablo.

O grupo B é o mais embolado da competição, com todos os times com chances matemáticas de avançar para próxima fase. O Athletico só depende de si para avançar, um empate já garante a vaga na próxima fase. Entretanto, para ser líder, o Furacão precisa vencer e torcer para o Libertad (PAR) não vencer o The Strongest (BOL). Se o Libertad vencer o seu jogo, o Athletico ainda poderá ser líder, mas precisará tirar uma diferença de mais de dois gols. Se os paraguaios fizerem 1 a 0, o Furacão precisa vencer por três ou mais gols.

Futebol