PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Palacios se vê pronto para começar jogando e diz que pode atuar com Nenê: 'Seria fácil para mim'

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

24/05/2022 15h27

Próximo de completar um mês de Vasco, o meia Carlos Palacios conversou com os jornalistas nesta terça-feira, no CT Moacyr Barbosa. Contratação mais renomada do ano, o jovem chileno de 21 anos faz um trabalho físico especial para ganhar ritmo, e vem entrando nos jogos da Série B no segundo tempo, ganhando minutos para estar em plena forma. Ele comentou a respeito de sua condição física atual, já se sentindo bem para começar uma partida.

– Estou me exercitando muito bem, o plano que fizeram quando cheguei era para evoluir com o tempo, ganhar minutos no dia a dia, pra depois começar jogando. O Zé que toma a decisão sobre o que ele acha melhor. Tenho melhorado muito a desenvoltura, o peso, a intensidade. Às vezes é difícil começar de fora, porque quando você entra os jogadores estão mais cansados, o nível do jogo está diferente, tem que entrar no mesmo nível. Começar é uma boa para pegar o clima do jogo, o que é importante para melhorar. Qualquer um dos dois eu posso fazer, o importante é sempre ajudar o time – afirmou o chileno.

Palacios também comentou sobre se é possível jogar com o ídolo Nenê, que ocupa faixa semelhante no campo. Para o chileno, é plenamente viável jogar com o veterano, basta Zé Ricardo optar pelos dois começando a partida. Ele aproveitou para elogiar o atleta de 41 anos.

– Eu acho jogadores como o Nenê, que tem muita qualidade, é muito mais fácil pra mim jogar com ele. Temos muitas coisas semelhantes, mas jogar com ele pra mim seria fácil, pelas características parecidas só olhando ele já sei o que vai fazer. Ainda não falamos sobre ser titular. Eu falei que posso jogar sem problemas, já joguei pela ponta. Se ele decidir que posso jogar assim junto com Nenê não tenho problema, mas ainda não conversamos. Se tiver oportunidade vou ficar ainda mais feliz. Mas só de jogar em São Januário lotado já fico feliz.

+ Londrina recusa proposta de levar jogo com o Vasco para o Espírito Santo e partida será no Estádio do Café

+ Provável substituto de Gabriel Dias no Vasco, Weverton mostra confiança e faz comparação: 'Ataco mais'

Confira outros trechos:

Duelo com o Brusque

– Vai ser um jogo muito pegado, como tem sido na Série B. Temos trabalhado para fazer um bom jogo. Acho que vai ser definido em detalhes.

Torcida em São Januário

– São cinco jogos, nunca havia sentido na minha vida. A expectativa que eu trouxe foi muito grande, de levar o Vasco à Série A, a torcida é incrível, quando entro em campo me sinto motivado por eles para ir à frente. Muito legal.

Adaptação ao Rio de Janeiro

– Eu sou muito tímido, sempre fui mais calado. Mas aqui está sendo diferente, estou muito feliz, não é falar mal de Porto Alegre, mas acho que o carioca é diferente. As vezes fico na minha e os caras vêm conversar comigo, me fazer rir, estou muito feliz. Não sou muito de resenha e brincar, mas tento entrar com eles na resenha quando vêm pra não ficar ruim.

Passagem pelo Internacional

– Não fui profissional 100% lá em Porto Alegre. Chegando aqui as pessoas me abraçaram, ficaram do meu lado, e eu tinha que dar uma resposta. Aprendi muita coisa, isso mudou minha cabeça, estou vendo outro mundo. Estou tentando fazer o melhor.

Presença de sócios da 777 em São Januário

– Minha responsabilidade é total com o Vasco, é importante falar que a 777 deu o aval, mas minha responsabilidade é com o clube, com meus companheiros. Sou muito apaixonado por futebol, também fui torcedor no Chile, e eu sinto que jogar em um São Januário lotado é muito diferente, a torcida nos empurra. Na minha estreia, quando terminou o jogo, me senti muito.

Contusão no joelho

– Quando aconteceu a contusão do joelho, fiquei muito preocupado, sentia muita dor, muita gente me abraçou nas redes sociais, no CT. Olhando o Vasco, que tem uma torcida brilhante e muita gente boa trabalhando aqui, acabo dimensionando onde estou agora e o que eu posso fazer na minha vida. Tentar seguir melhorando para voltar à Seleção e corresponder à torcida.

Siga o Esporte News Mundo no InstagramTwitterFacebook e Youtube.

Futebol