PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Warriors derrotam Dallas fora de casa e fica a uma vitória de ir para a final

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

23/05/2022 02h34

Warriors Mavericks

O Golden State Warriors derrotou o Dallas Mavericks, por 109 a 100, na American Airlines Center, e abriu 3×0 na série na noite deste domingo, 22. O jogo começou bastante equilibrado, mas após os visitantes dominarem o terceiro período, a vitória ficou praticamente encaminhada. A equipe da Califórnia contou com uma noite inspirada da sua estrela Stephen Curry, responsável por um duplo-duplo de 31 pontos e 11 assistências. Luka Dondic, do Dallas, foi o cestinha da partida com 40 pontos.

PRIMEIRO QUARTO

O jogo começou equilibrado, as ações ofensivas de ambas as equipes estavam boas deixando os companheiros livres para os arremessos. A defesa do Dallas estava sendo envolvida facilmente pelo ataque dos Warriors, que conseguiam pontuar facilmente. O quarto acabou com o placar de 22 a 25 para os visitantes.

SEGUNDO QUARTO

O quarto mais equilibrado do jogo teve as equipes conseguindo pontuar bem. Os times trocavam bastante a liderança no placar, os Mavericks chegaram a assumir a liderança e conduzir quase toda parcial e a distancia ficava sempre em uma posse. No entanto, o fim dos 12 minutos trouxe Golden State afiado com Curry importante do perímetro e partindo para cima da marcação. Placar de 47 a 48.

TERCEIRO QUARTO

Na volta do intervalo, a equipe da Florida voltou muito bem, fez várias corridas no placar e chegou a abrir 12 pontos de vantagem. A defesa do Dallas se mostrou muito perdida, não conseguia se encontrar em quadra, marcava muito mal, cometia muitas faltas e errava muito. Os Warriors aproveitaram bem esse momento para abrir a vantagem que ganharia o jogo. Placar de 68 a 78.

QUARTO QUARTO

Nos minutos finais da partida, com a vitória nas mãos, os visitantes só administraram a vitória, trabalharam bem a bola e abusaram dos erros defensivos da equipe da casa. Os Mavs tentavam de todas as formas entrar no jogo, mas não conseguiam encaixar as bolas do perímetro que não caiam e com os muitos erros ofensivos. O jogo terminou com uma vantagem de nove pontos para a equipe da Califórnia, que precisa de mais uma vitória para garantir a vaga na final.

Futebol