PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Holly Holm detona juízes após derrota para Ketlen Vieira no UFC Vegas 55

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

23/05/2022 19h43

Holly Holm viu Ketlen Vieira levar para casa a vitória no último final de semana na luta principal do UFC Vegas 55. Mas na opinião da ex-campeã dos galos do Ultimate, quem deveria ter saído do octógono como a vitoriosa era ela.

Na entrevista pós-luta feita para a ESPN americana, Holm disparou contra dois dos juízes que anotaram a pontuação do main event, que colocaram que Ketlen teria vencido ao menos três dos cinco rounds da luta. O que deixou a americana extremamente revoltada.

– É frustrante, porque acho que muitas vezes esses times nunca passaram por um camp de treinamento e viram o que você coloca em jogo. E, então, você perde só porque eles decidem ‘acho que jogar esse round para aqui ou ali’. Não concordo com eles, estou bem chateada. Eu sei que esta é uma posição muito difícil de se estar. Para ser o juiz, você tem que tomar essa decisão na hora, mas eu senti que ganhei a luta. Para mim, a Ketlen venceu só o segundo round e eu senti em meu coração que eu ganhei a luta – declarou ‘The Preacher’s Daughter’ segundo o Combate.

LEIA TAMBÉM

+ Ketlen Vieira afirma que sentiu Holly Holm 'bater' em tentativa de finalização

Pelo menos os especialistas defendem a visão de Holly Holm de que ela foi a vencedora da luta do último sábado. O site MMADecisions, que elenca os resultados de várias lutas postados em diversas páginas compilou uma maioria de opiniões que dão à ex-campeã dos galos a vitória sobre a brasileira. A lutadora americana apontou que sua rival não pode ter vencido três rounds no duelo do fim de semana.

– Não vi a Ketlen vencer três rounds; Você teria que dar três rounds para ela ganhar, e eu acho que ela não ganhou. Mas eu sempre quero ter a perfeição do meu lado e quero deixar claro, para ninguém ter dúvida: eu realmente senti que ganhei a luta. Depois do segundo round, para mim estava 1 a 1 era como se estivéssemos numa nova luta a partir dali. Na minha cabeça, eu tinha que vencer o restante da luta – disse.

Futebol