PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Fórmula 1 revela desejo de voltar a correr da África do Sul

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

19/05/2022 10h31

Fora do calendário da Fórmula 1 desde 1993, o continente africano foi palco de corridas da maior categoria do esporte a motor em dois períodos: de 1967 a 1985 e, posteriormente, em 1992 e 1993.

Atualmente o circo da Fórmula 1 visita todos os continentes, com exceção do africano. E a medida que o Grupo Liberty Media procura cada vez mais praças para aumentar o número de etapas no calendário, o apelo popular para se voltar à África do Sul tem se tornado cada vez maior.

LEIA MAIS:

E, ao que tudo indica, se depender dos ‘chefões’ da categoria, isso deve acontecer. O CEO da Fórmula 1, Stefano Domenicali, afirmou que está perto de concluir um acordo para retornar ao país para correr em Kyalami, um circuito ao norte de Joanesburgo.

? Temos duas opções para uma nova corrida, e a mais provável de acontecer em breve é a África do Sul. Faz parte da nossa agenda, e há um compromisso de ver se isso pode estar no calendário o mais rápido possível. Disse ao jornal The New York Times.

O diretor executivo do Grupo Liberty Media foi ainda mais otimista e considerou a ideia de realizar duas etapas no país. No entanto, ele sabe que essa seria uma tarefa um pouco mais complicada.

? Joanesburgo está definitivamente em nossa lista. Adoraríamos ter a Cidade do Cabo também, mas não sei se dá para fazer, então Joanesburgo é a mais provável.

Lewis Hamilton é um dos pilotos que mais defende o retorno da Fórmula 1 à África. Pouco após a via anunciar o GP de Las Vegas para 2023, o heptacampeão afirmou:

? A corrida que eu realmente queria ouvir é a da África do Sul, é esse o anúncio que eu quero ouvir. A gente vai muito para os outros continentes, então por que não? Acho que é importante para o esporte ir lá, especialmente se estamos em todos os outros continentes.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

Max Verstappen, atual campeão mundial, também é a favor de voltar ao continente. Perguntado por um fã se havia alguma pista que ele gostaria de correr nos próximos anos, ele logo respondeu que “gostaria de correr na África, então Kyalami seria uma adição legal ao calendário.”

A Fórmula 1 retoma as suas atividades com o GP da Espanha, que acontece entre os dias 20 e 22 de maio. A corrida está prevista para o domingo, às 10h, horário de Brasília.

Futebol