PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Opinião: basta para o Grêmio só um jogo físico na Série B?

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

18/05/2022 08h00

O empate do Grêmio em 1 a 1 diante do Ituano ainda tem repercutido fortemente na torcida e imprensa. A repercussão não se dá em torno do resultado, mas principalmente em função da atuação Tricolor e da possível avaliação quanto ao perfil de elenco para a disputa da Série B.

E, a partir disso, há uma fala de Roger na última coletiva que precisa ser analisada: ‘É quase como se fosse uma libertadores, poucas faltas, um jogo muito físico. Preciso que todos tenham a mentalidade certa quando entrarem em campo’.

Para saber tudo sobre o Grêmio, siga o Esporte News Mundo no Facebook, Twitter e Instagram.

Roger comparou a Série B com a Libertadores em função do aspecto físico. De fato, é um jogo mais físico e isso ainda falta para o Grêmio. Até demonstrou em poucos jogos, mas ainda assim sofreu até mesmo nas partidas que venceu. Mas os problemas da equipe não podem ser reduzidos a isso.

Defensivamente, por exemplo, o goleiro Brenno sempre faz mais de uma defesa difícil no mínimo. É sinal de que a cobertura e a falta de atenção defensiva estão bem fortes. Outro ponto é a muitas vezes a falta de criatividade, dependendo muito das escapadas de contra-ataques e jogadas aéreas para Diego Souza marcar os gols. Sendo assim, se mostra um time previsível. Por isso, é preciso pensar muito mais do que só no físico.

Futebol