PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Newcastle teve evolução dentro das expectativas do novo grupo gestor

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

18/05/2022 14h00

O Newcastle conseguiu mudar a sua realidade dentro da Premier League após o futebol do clube ter sido vendido para um grupo de investimento da Arábia Saudita. Depois de lutar contra o rebaixamento, a equipe conseguiu uma grande evolução com a chegada de reforços, deixou o medo da queda para trás e passou a olhar para um horizonte muito mais positivo. Apesar de não ter conquistado vaga em competições continentais, a avaliação da nova gestão foi dentro daquilo que era esperado.

A relação entre o Newcastle e o grupo gestor saudita teve início apenas em outubro do ano passado, ou seja, já com a temporada europeia em andamento. Os novos dirigentes sentiram a necessidade de rapidamente mudar o pensamento interno, além do nível de confiança. Muito desse trabalho foi feito nos bastidores, mas a chegada de jogadores importantes contribuíram de maneira decisiva.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

A mudança de patamar teve uma evolução maior a partir da janela de transferências de janeiro, quando o clube conseguiu acertar a contratação do brasileiro Bruno Guimarães, que estava no Lyon. O jogador de 24 anos chegou para a sua primeira experiência na Premier League como o principal reforço do clube e conseguiu corresponder em campo. Em 16 jogos foram cinco gols e uma assistência, sendo decisivo para a retomada da confiança.

O projeto chegou a ser colocado em dúvida nos últimos meses, principalmente diante de uma sequência negativa de resultados. Embora tenha se mostrando um time forte contra equipes de meio de tabela na Premier League, o rendimento do Newcastle não foi o mesmo quando enfrentou Chelsea, Tottenham, Liverpool e Manchester City. Aliás, contra esse último a equipe ainda sofreu uma goleada por 5 a 0.

Na última segunda-feira (16), o Newcastle voltou a mostrar sua força e agora finalmente contra um dos grandes da Inglaterra. A vitória por 2 a 0 sobre o Arsenal foi fundamental retomar a confiança no projeto que vem sendo apresentado dentro do clube. A partir deste momento, o horizonte que se projeta é de evolução e o principal objetivo passa a ser novamente estar numa competição continental.

A nova diretoria sabe que objetivos grandes só poderão ser alcançados com jogadores de nível internacional, mas isso não deve acontecer ainda na próxima janela de transferências. Embora o projeto venha sendo bem avaliado até aqui, o clube ainda não tem o peso de uma disputa continental para atrair os jogadores de primeira linha. Financeiramente o Newcastle tem condições de brigar, mas esportivamente ainda está em desvantagem.

O grande sonho do novo grupo gestor é o uruguaio Darwin Núñez, que apareceu como principal destaque do Benfica na atual temporada. No entanto, o acerto com o jogador não deve ser fácil. Darwin é observado por outros clubes, inclsuive da Inglaterra, e já destacou sua vontade em novamente disputar a Liga dos Campeões.

Futebol