PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Marcelinho comenta força da torcida do Cruzeiro e chance de jogar com Mineirão lotado: 'É um sonho'

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

18/05/2022 20h54

Marcelinho Cruzeiro Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

O jovem atacante Marcelinho, de apenas 19 anos, foi titular pela primeira vez com a camisa do Cruzeiro diante do Náutico, na Arena dos Aflitos, pela Série B, quando a Raposa venceu por 1 a 0. Mesmo tão novo, o cria da base já vem conquistando espaço e tendo chances com Paulo Pezzolano. E ele espera ter ainda mais oportunidades, inclusive no próximo domingo (22), às 11h, diante do Sampaio Corrêa, também em jogo válido pela segunda divisão nacional.

A expectativa é de Mineirão lotado, um verdadeiro sonho para Marcelinho, conforme dito em entrevista coletiva concedida nesta quarta-feira (18). E, falando em casa cheia, o atacante do Cruzeiro também comentou o apoio que a torcida celeste vem dando ao clube nas arquibancadas, seja em Belo Horizonte ou não. Segundo ele, tem feito a "diferença".

Veja também: Imagens de nova camisa dois do Cruzeiro 'vazam' antes de data de lançamento

- É muito importante. A torcida está fazendo a diferença nesse começo de campeonato, na Copa do Brasil também. Para a gente que está começando agora, que está subindo da base é muito gratificante ver o Mineirão lotado, ver o Independência lotado, e espero que domingo esteja igual. E vamos buscar os três pontos e fazer o nosso melhor. É um sonho jogar no Mineirão lotado, então a gente vai fazer uma semana boa de treino para estar preparado para o fim de semana.

AS OPORTUNIDADES…

Ainda em entrevista, Marcelinho falou sobre entrar em campo, mais precisamente a respeito das oportunidades que o técnico do Cruzeiro, Paulo Pezzolano, tem dado a ele e demais garotos da base celeste. Além disso, destacou o modelo de trabalho do treinador: o de rodar a equipe, sem 11 titulares totalmente definidos.

- O Paulo gosta de atacante rápido e eu consigo fazer as duas, eu jogo de ala e de atacante também, e é muito importante a oportunidade que ele tá dando, e nosso grupo está fechado. Graças a Deus, a gente está conseguindo jogar bem fora de casa e ganhar pontos. O Paulo gosta de usar os meninos. O Paulo gosta de trabalhar com todo mundo, ele roda muito o time. Então, não tem os 11 titulares, é trabalho e saber treinar, saber as coisas que ele pede e esperar as chances para quando elas chegarem estar bem.

Veja também: Dagoberto, ex-Cruzeiro, elogia gestão de Ronaldo e revela desejo de estar presente em jogo do acesso

Marcelinho também comentou sobre o seu estilho de jogo, já que atua como atacante e também como ala. Ele revelou já ter jogado de ala em seu antigo clube e que, portanto, é tranquilo atuar em ambas posições. "O Paulo tem tentando adaptar várias formações táticas. Então, é treino e estar preparado para a hora do jogo", pontuou.

O jovem atacante celeste chegou ao Cruzeiro vindo do Palmeiras para atuar nas categorias de base no fim do ano passado. Foi relacionado pela primeira vez para uma partida do elenco profissional em fevereiro de 2022, e estreou já em março. Até o momento, defendeu a Raposa em campo em quatro ocasiões e ainda não marcou gols.

Para fazer tudo sobre o Cruzeiro, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

Futebol