PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Corinthians visita o Boca em jogo decisivo pela Libertadores

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

17/05/2022 08h00

Maycon garante a vitória para o Corinthians em jogo decisivo da Copa Libertadores. Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians.

Corinthians e Boca Juniors fazem na terça-feira (17) o principal confronto da 5º rodada da fase de grupos da Libertadores da América de 2022. Clubes de vasta torcida no mundo todo, os dois gigantes se encontram na Bombonera, às 21h30 (de Brasília), carregando histórias apimentadas em confrontos diretos.

O Corinthians é o líder do grupo, com 7 pontos, um a mais que o rival argentino. A equipe Alvinegra vem de um empate contra o Deportivo Cali, na Colômbia, em duelo movimentado que acabou em 0 a 0, com ambas as equipes desperdiçando uma cobrança de pênalti. Enquanto o Boca venceu seu último confronto na competição, ao superar o Always Ready em casa por 1 a 0.

Para o Corinthians, o ápice na Libertadores foi alcançado justamente diante do Boca na épica noite de 4 de julho de 2012 no Pacaembu. O título invicto, a volta olímpica diante do "bando de loucos" e os gols de Emerson Sheik continuam vivos na memória do brasileiro que acompanha futebol.

Duelo histórico de 2012

Um retrato fixo daquela final para os argentinos foi o desempenho de Ralf e Paulinho, a dupla de volantes do Corinthians. Os argentinos têm certa obsessão pelos volantes. "É a sala de máquinas", costumam dizer, para ilustrar que o funcionamento dos times depende demais dos jogadores que antigamente carregavam as camisas 5 e 8.

"Ralf e Paulinho parecem que estão numa guerra; já Ledesma, Somoza e Erviti [os volantes do Boca], que estão passeando no parque", falou Mariano Closs, principal locutor da Argentina, na FOX Sports.

O "Clarín" do dia seguinte reforçou esta visão: "Uma pobre noite para o histórico espírito combativo argentino".

Para mais informações sobre o Corinthians, siga o Esporte News Mundo pelo Twitter, Facebook e Instagram.

Futebol