PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Morínigo exalta a vitória do Coritiba após semana de resultados ruins, confira:

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

15/05/2022 23h15

Na tarde deste domingo (15), o Coritiba recebeu o América-MG para a disputa da 6ª rodada do Brasileirão Série A. Com gol de Andrey no final do primeiro tempo, o Verdão venceu o Coelho e garantiu mais três pontos, somando 10 até aqui e ocupando a 6ª posição na tabela.

Para saber tudo sobre o Coritiba, siga o Esporte News Mundo  no Twitter,  Facebook  e Instagram.

Após o triunfo no Couto Pereira, o técnico Gustavo Morínigo participou da coletiva de imprensa pós jogo e inicialmente falou sobre a importância dessa vitória após a eliminação da Copa do Brasil na última quinta-feira (12):

? Além do jogo, se jogamos bem, se jogamos mal, hoje a vitória foi mais do que importante para nós, tirar um pouco daquela semana que foi muito ruim para nós, algo que lamentamos muito a eliminação da Copa do Brasil, o jogo contra o Avaí também que saímos e o grupo teria que dar um resposta rápida para não ficarem com essa decepção muito marcada que ficou no time.. Em todo mundo na verdade, na torcida, em todo mundo, mas a resposta é dos jogadores para toda a torcida, é um time guerreiro, passamos um mau momento, hoje nos apoiaram novamente e o time realmente foi para cima a todo o momento, então a vitória foi mais do que importante, um jogo chave para todos nós.

Na sequência foi perguntado sobre as mudanças feitas no time titular. O atacante José Hugo estreou pelo Alviverde e também pela Série A e o treinador falou sobre esta primeira partida do atleta e porque optou por iniciar com ele:

? Estávamos preparando de uma transição que não é fácil.. Fizemos um processo com ele como estávamos fazendo com todos, de estar seguro e se poderia aguentar e se poderia dar aquilo que estávamos esperando dele.. E hoje estamos contentes com ele e com todo o grupo, porque demonstro que ele pode e entregou tudo o que tinha e fez um grande jogo. A escalação foi pensando no que era América-MG e na dificuldade que tivemos nos últimos jogos de jogadores de velocidade e transição.

Foi questionado sobre o fato de que, o último jogo que a defesa saiu ilesa dentro do Couto Pereira foi na estreia do Brasileirão contra o Goiás e qual a importância de voltar a vencer sem levar gols:

? Na verdade meu objetivo principal hoje era esse. Temos que ter em mente que estamos fazendo gol em casa jogo mas estávamos por trás, com dificuldades nos gols contra. Hoje se trabalhou bem em todos os sentidos.. Em geral todos trabalharam muito bem essa parte e pessoalmente estou muito contente por isso, é isso o que eu quero, ter um time seguro nessa parte e na frente estamos fazendo gols, era algo pendente desde o começo.

De volta a campo somente no próximo final de semana, o elenco Coxa-Branca terá uma semana para treinamentos. Visto isso, Morínigo falou que inicialmente os jogadores terão que se recuperar após esta última semana cheia e complementou exaltando a torcida do Coritiba, que mesmo após os resultados ruim vieram apoiar o time, mostrando o comprometimento e amor pelo clube.

Falou também sobre sua escolha de deixar Egídio na lateral-esquerda que deu a importante assistência para o gol de Andrey:

? Cada jogador tem uma característica diferente. Procuramos sempre eleger de acordo com o jogo. Hoje era importante o Egídio porque é um jogador que contribui muito no setor ofensivo, tem experiência e tem velocidade na marca. Quando precisamos de força e pouco mais de marcação nos utilizamos o Biro e Porfírio que também estamos fazendo o mesmo processo que José Hugo de preparar para o máximo nível, e está muito bem.

Elogiou também Andrey, autor do único gol da partida, que após dois jogos abaixo do que vinha apresentando, voltou a fazer um bom jogo e foi o principal responsável por esses três pontos dentro de casa.

Por fim, foi questionado sobre como foi trabalhar o psicológico dos jogadores após a eliminação da Copa do Brasil:

? Muito difícil. Tem que haver um convicção do que você está fazendo e duvidar nestes momentos. Foi uma semana ruim para nós e lidar que desde janeiro estamos trabalhando bem, que tivemos resultados, de que temos um esquema de jogo, que temos jogadores de diferentes características para eleger e duvidar, na minha cabeça particularmente não entra nunca, não duvido do meu trabalho, não duvido de onde estamos fazendo. Sim, fico chateado, lamentando mas eu tenho uma certeza muito grande de onde estamos indo e uma confiança muito grande não somente nos jogadores, a toda a comissão técnica, torcida e todos que estão envolvidos neste projeto novo do qual nós estamos levantando e tenho essa certeza de que vai funcionar se todos estamos juntos. Na vitória e na derrota teremos que focar sempre no mesmo lugar e seguir trabalhando até o final.

Futebol