PUBLICIDADE
Topo

Com rescisão de Vitor Bueno, São Paulo alcança 11 saídas em 2022

Vitor Bueno comemora gol do São Paulo na vitória contra o Santo André, pelo Paulistão - Rubens Chiri / saopaulofc.net
Vitor Bueno comemora gol do São Paulo na vitória contra o Santo André, pelo Paulistão Imagem: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

22/01/2022 06h20

Nesta sexta-feira, 21, o São Paulo acertou a saída de mais um jogador. Vitor Bueno não faz mais parte do grupo de jogadores do Tricolor.

O jogador, que estava de fora dos planos de Rogério Ceni, vinha negociando com o clube para que pudesse receber ao menos os débitos que o clube tem com ele.

Além disso, decidiu abrir mão do que teria para receber até o final de 2023 por entender que necessita de novos ares para recuperar o seu futebol. Os detalhes ainda não foram divulgados.

Vitor Bueno chegou ao São Paulo em 2019 após troca do Tricolor com o Santos por Raniel. O jogador até teve bons momentos na sua primeira temporada, principalmente quando Fernando Diniz chegou ao clube do Morumbi.

Todavia, perdeu espaço e foi para o banco de reservas. Com Crespo, chegou a ser utilizado como centroavante mas não agradou.

Agora, o São Paulo junta ao todo uma equipe completa entre todas as saídas. São eles, além de Vitor: Lucas Perri (goleiro - Náutico), Orejuela (lateral-direito - Grêmio), Bruno Alves (zagueiro - Grêmio), Rodrigo Freitas (zagueiro - fim de contrato), William (volante - fim de contrato), Liziero (volante - Internacional), Shaylon (meia - fim de contrato), Benítez (meia - Grêmio), Rojas (atacante - fim de contrato) e Galeano (atacante - fim de contrato). Pablo em processo de negociação, deve sair em breve também.

A ideia do São Paulo é fazer uma renovação geral do elenco e também contratar jogadores do perfil de Rogério Ceni. O treinador do clube vinha reclamando da falta de investimento para contratações.

Além disso, o treinador também fez críticas ao perfil dos jogadores. Ceni chegou a dizer que os jogadores eram calados em campo e jogadores que cometeram falhas mais grosseiras, acabaram sendo deixados de lado.

Todavia, ainda faltou a contratação de um jogador pedido pelo treinador. Um ponta de velocidade não foi contratado, o time chegou a flertar com Soteldo e Douglas Costa mas nada ocorreu. Por conta disso, Toró acabou sendo reaproveitado, o que indica que provavelmente o clube não fará mais esforços para a posição.