PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Riot Games Brasil anuncia a realização de competições femininas de League of Legends

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

20/01/2022 20h13

Em coletiva realizada nesta quinta-feira (20), o head de esports da Riot Games no Brasil, Carlos Antunes, anunciou que a desenvolvedora está trabalhando com parceiros para começar o cenário competitivo feminino de League of Legends.

Carlos falou que o “incentivo ao cenário feminino de LoL” é uma dívida da Riot Games “há muito tempo” e disse que a empresa está fechando parcerias para finalmente trabalhar o desenvolvimento de competições para as mulheres.

Ainda de acordo com Carlos, tudo isso será feito através de parcerias que a Riot desenvolverá, assim como foi feito com o Game Changers, no Valorant.

"O incentivo ao cenário feminino é uma dívida que temos há muito tempo, e todas as experiências positivas que tivemos com o Game Changers no Valorant, mostram para nós o quão importante e o quão a explosão desse interesse pode causar uma mudança muito rápida e cada vez mais forte. Estamos trabalhando com parceiros para começar a criar, em 2022, um cenário de incentivar a cena feminina de LoL, para que possamos começar a trabalhar com mais possibilidades de entrada no cenário profissional e de dar a experiência, ainda que seja semi-profissional, num torneio estruturado para as jogadoras".

O mesmo ainda contou que o objetivo é lançar o circuito feminino brasileiro no segundo trimestre deste ano – entre abril e junho.

Vale lembrar que o CBLOL nunca teve uma jogadora participando de uma partida. No Circuito Desafiante, a suporte Gabriela “Harumi” foi a primeira a jogar quando defendeu a Rensga em 2020.

Enquanto a Riot Games planeja ocenário feminino de LoL, o CBLOL 2022 começa neste sábado (22), a partir das 13h, no horário de Brasília.

Futebol