PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Jandrei é apresentado oficialmente e explica porque trocou Santos pelo São Paulo

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

18/01/2022 13h57

Um dos reforços do São Paulo, o goleiro Jandrei, foi oficialmente apresentado na tarde desta terça-feira no CT da Barra Funda. O jogador concedeu entrevista coletiva e comentou sobre defender o São Paulo sob o comando de Rogério Ceni.

– Quando eu fui anunciado no São Paulo, eu falei que para mim ia ser um crescimento muito grande trabalhar com o Rogério. É um goleiro que venceu muito, foi vitorioso, que deu títulos ao São Paulo, que fazia gols, que tinha esse diferencial. Para mim, de bater falta e pênaltis, tenho muita vontade de aprimorar. Ás vezes treino,  mas nunca tive um acompanhamento. A gente treinava a parte técnica de defender, mas de pênaltis sempre ficou de lado, mas com certeza quero pegar algumas dicas para que de repente, nos treinos a gente consiga aprimorar isso. O jogo com os pés é uma característica que Rogério já deixou claro que vai querer. É tentar aprimorar isso e buscar o melhor para o São Paulo.

Jandrei comentou como ele enxerga as oportunidades que virão para também conseguir a chance de virar titular, já que o goleiro Tiago Volpi esteve em campo em mais de 60 partidas na última temporada. 

– Eu acho que é bom tanto para o clube e bom para os jogadores, no caso os goleiros. Vamos procurar nos ajudar e crescer todos juntos, não só o Volpi e todos os outros, e acho que é válido tanto para todos que estiverem aqui. A gente vê que é um crescimento de todos os goleiros, buscamos nos ajudar no dia a dia, vou buscar o espaço, mas vamos dar o nosso melhor de todos os dias, para colocar o São Paulo onde ele merece, para buscar títulos e que tenhamos um ano feliz e de conquistas.

O novo reforço comentou como está sendo a pré-temporada e como São Paulo deve chegar na estreia do Campeonato Paulista.

– Pelo que da para ver do grupo, é muito bom. As contratações vieram para somar. Quem já estava no clube, o time já era muito bom. Acho que o time está criando corpo e demonstrando evolução grande. Tivemos retornos do pessoal que estava com Covid, então estamos ficando completos para treinar. O time está evoluindo muito bem, os treinos sao muito bons, intensos, sempre com rotação muito alta, então acho que da para esperar um São Paulo muito competitivo este ano – disse.

+ Para saber tudo sobre o São Paulo, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram

Confira outras respostas da coletiva de Jandrei:

Qual foi o principal motivo de trocar o Santos, que também tinha concorrência, pelo o São Paulo, que também tem um goleiro consolidado

– Para mim, como falei, o São Paulo é um time muito grande e é uma honra estar vestindo essa camisa. Quando recebi o primeiro contato, eu não pensei duas vezes por conta do peso dessa camisa. O Rogério Ceni como treinador me influenciou muito na escolha. O João Paulo estava muito bem no Santos, o John estava voltando bem e a nossa disputa lá era muito sadia. Tendo um outro goleiro no plantel que a gente consiga puxar para cima, a gente consiga puxar os meninos trazendo experiência a gente consegue um crescimento de todos. acho que isso é valido para o profissional, para o grupo e o Clube e vamos visar as vitórias e ajudar o grupo dentro ou fora de campo, ajudando em treinos ou vestiários, na partida. Independente de estiver jogando ou não, temos que buscar o melhor e priorizar o Clube.

Como foi o primeiro contato com o Rogério Ceni e se teve participação em sua contratação

– Não, o primeiro contato com Rogério foi no CT. Passou por ele a minha contratação e conversamos bastante na minha chegada. Tivemos um papo antes de um treinamento. E questão da falta ainda não deu pra treinar, por conta dos treinos que estão sendo intensos e estamos aproveitando para trabalhar a parte física e tática. Ainda não teve um treino de bola parada, de falta ou pênalti, mas isso a gente vai deixar mais para frente e encaixar um momento que os treinos estejam mais encaminhados. Estamos evoluindo muito bem na pré-temporada, e vamos seguir esse planejamento que vem dando certo e estamos vendo o crescimento dentro de campo.

Como pretende lidar com a pressão de ser goleiro do São Paulo devido aos ídolos do Clube

– Eu vejo como um lado positivo, e não como uma pressão negativa. Temos vários exemplos de goleiros que fizeram historia no Clube, entao a gente tem que se basear nisso e ver as conquistas que tiveram e como se comportavam dentro e fora de campo. Hoje temos o Rogério no dia a dia, então a gente tem que pegar isso e usar como aprendizado e crescimento. Temos que evoluir no dia a dia, pegando exemplos, dicas, enfim, para que a gente consiga fazer história no São Paulo também. Vejo pressão como forma positiva, da mesma forma que vou puxar os outros goleiros para cima, vamos buscar sempre evoluir. Eu tendo como exemplo esses grandes goleiros que passaram pelo Clube, que fizeram uma linda história que conquistaram títulos, eu também vou buscar ajudar o São Paulo da melhor forma possível para que seja lembrado de uma forma positiva.

Futebol