PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Everton não desiste de Roberto Martínez e segue conversas pelo acerto

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

18/01/2022 08h00

Desde a demissão do então técnico Rafa Benítez, a diretoria do Everton está em busca de um outro treinador que possa assumir o cargo visando a recuperação do time dentro da Premier League. No topo da lista do clube inglês está o também espanhol Roberto Martínez, que comanda a seleção da Bélgica desde 2016, quando saiu justamente do Everton para se aventurar no mercado de seleções.

Por já conhecer o clube devido a um trabalho que durou pouco mais de dois anos, entre 2013 e 2015, Martínez tem uma relação próxima com alguns dos dirigentes do Everton, o que facilita as conversas. Inicialmente a Real Associação Belga de Futebol recusou qualquer contato dos ingleses por Roberto Martínez, mas o Everton não desitiu e fez uma nova tentativa.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

Neste momento, o treinador tem contrato com a seleção da Bélgica até junho de 2022, mas existe um planejamento para a ampliação deste vínculo até o final do ano, visando a disputa da Copa do Mundo do Catar. A Bélgica já conquistou sua vaga ao Mundial por ter ficado na primeira colocação do grupo E. O trabalho de Roberto Martínez é bastante respeitado e o treinador é considerado o nome ideal para comandar a Bélgica na Copa do Mundo.

No entanto, o Everton tem feito uma pressão para contar com o treinador e pode oferecer um tempo de contrato maior do que o da seleção da Bélgica. Além disso, entre premiações e temporadas sob vínculo, Martínez poderia ter uma quantia financeira maior do que a que pode ser garantida pela Associação Belga de Futebol.

O desejo do treinador também pode contar nesta questão e Roberto Martínez já demonstrou a sua vontade em poder disputar mais uma edição de Copa do Mundo. Em 2018, na Rússia, a Bélgica garantiu o terceiro lugar com aquela que foi considerada uma das melhores gerações da história do país. A Bélgica vem vivendo o fim do ciclo de alguns jogadores, mas a renovação com nomes como Charles De Ketelaere reforça uma esperança de manutenção no topo.

Futebol