PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Infantino agora sugere Copa do Mundo e Champions com a mesma frequência

Após aumento da Copa, presidente da Fifa agora tem insistido em mais edições do torneio - Ueslei Marcelino/Reuters
Após aumento da Copa, presidente da Fifa agora tem insistido em mais edições do torneio Imagem: Ueslei Marcelino/Reuters

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

03/01/2022 11h11

Na intenção de aumentar as edições da realização da Copa do Mundo, o presidente da Fifa aproveita o assunto para alfinetar a Uefa. Em entrevista, Gianni Infantino foi além de defender o Mundial a cada dois anos e sugeriu que também os campeonatos europeus acontecessem na mesma periodicidade.

"A Copa do Mundo a cada dois anos não é uma proposta minha, mas sim do Congresso da Fifa, que pediu um estudo sobre a viabilidade. Fizemos um estudo muito sério e, do ponto de vista esportivo, funcionaria. Além disso, o impacto econômico é positivo para todos", defendeu o cartola em entrevista à rádio italiana Anch'io Sport, valorizando o lucro que o novo Mundial daria.

"O mais importante é que é positivo para a proteção das ligas nacionais e para os próprios jogadores, já que teríamos menos jogos com uma pausa em julho. Na Europa há oposição, mas esta é uma forma mais inclusiva. Os campeonatos europeus também podiam ter a mesma frequência", disse Infantino, sem exatamente detalhar se a ideia se refere apenas aos torneios de clubes como Liga dos Campeões e Liga Europa ou também à Euro à Liga das Nações, duas competições de seleções.

Ainda há enorme discussão sobre a possibilidade de organizar a Copa do Mundo a cada dois anos, mas representantes da Fifa vêm defendendo a ideia publicamente enquanto a entidade trabalha nos bastidores para sua implementação. A expectativa é que haja uma definição sobre o assunto no Congresso que a Fifa fará durante o Mundial no Qatar, no final deste ano.

A Copa do Mundo de 2022, aliás, é a última no formato em que a conhecemos, pois o torneio passará de 32 para 48 seleções participantes a partir de 2026. O intuito da Fifa, portanto, é aumentar não apenas o tamanho do Mundial, mas também sua periodicidade, tendo mais jogos com mais seleções com maior frequência.

Esporte