PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Guto Ferreira: "Não podemos reclamar uma vírgula do torcedor do Bahia"

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

06/12/2021 01h46

Depois de mais um triunfo no último domingo (05), o técnico do Bahia, Guto Ferreira deu uma entrevista coletiva falando um pouco da atuação do time e sobre as mudanças e lances capitais da partida. Confira suas falas em alguns pontos que foram abordados durante a conversa.

Logo de início, foi questionado sobre a postura da equipe no duelo contra o Fluminense que visivelmente estava mais madura, o técnico do Bahia falou o seguinte:

” Temos que aprender com nossos erros, falei exatamente isso na coletiva depois do último jogo. Quando se perde da maneira que perdemos, tivemos que “lamber as feridas”. Vínhamos de duas derrotas com erros capitais , resultados que infelizmente já podia ter selado o Bahia”.

Um dos pontos que mostra a força do Bahia é sua torcida que vêm empurrando a equipe em jogos vistos como decisivos e hoje não foi diferente, como Guto viu todo esse apoio:

“É buscar o resultado lá(Fortaleza). Ainda não podemos dizer que dependemos só de nós, já que em caso de empate das duas equipes que jogam amanhã já voltamos (para o Z-4) e ai tem a última rodada. Hoje o momento estava do nosso lado, por isso quero agradecer ao torcedor do Bahia pela presença de hoje. Acredito que essa chama de esperança se mantém acessa muito por conta da presença do nosso torcedor”.

Outro ponto que Guto Ferreira abordou, foi a questão da expulsão de Rossi (Bahia) e Manoel (Fluminense), sobre isso ele comentou da seguinte forma:

“Foi uma questão de opinião, e na minha foi um pouco rigoroso. Se olhar o lance novamente, verá que Rossi foi pego pelo pescoço e nem sequer reagiu, mas mesmo assim levou a mesma punição que o jogador do Fluminense”.

Próximo jogo do Bahia

Agora que já são águas passadas, o Esquadrão de Aço olha para a próxima quinta-feira (09), quando estará no Castelão para enfrentar o Fortaleza às 21H30. O jogo marca o encerramento do Brasileirão e todos os 20 times jogarão no mesmo horário e data.

Futebol