PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Na chegada ao Rio, Braz não garante a permanência de Renato Gaúcho: "Na segunda a gente começa a decidir"

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

28/11/2021 12h30

No desembarque do Flamengo no Rio de Janeiro após a derrota para o Palmeiras na Libertadores, o vice-presidente de futebol do clube, Marcos Braz, desconversou sobre o futuro do treinador Renato Gaúcho. Questionado sobre a sequência do técnico, o dirigente preferiu falar em programação e foi evasivo:

-Já tem treinamento marcado, toda uma programação feita. Não foi o resultado que a gente queria, que a gente esperava... Mas, é vida que segue e temos de nos recompor, fazer os ajustes que tem de fazer com calma. Faltam pouquíssimos jogos para o final do Campeonato Brasileiro, jogos importantes, com pontos importantes para que se possa disputar e que (o Flamengo) acabe com dignidade o Campeonato Brasileiro. Então, o que a gente tem de fazer, é mostrar a grandeza do Flamengo – afirmou Braz, antes de completar:

-Não tem decisão. Está todo mundo virado, cansado. Com calma e tranquilidade vamos começar a programar. Temos uma programação a ser feita, e na segunda-feira a gente começa a decidir alguns pontos que a gente entenda que possa fazer de correção para que se acabe a temporada. O que posso dizer é que o Renato tem contrato com o Flamengo até 31 de dezembro. Com calma vamos tomar as decisões possíveis.

Após atraso por causa da imigração, o dirigente foi o único a falar com a imprensa na chegada ao Rio, no aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim (Galeão), na manhã deste domingo. Como foi informado pela assessoria do próprio aeroporto no dia anterior, o desembarque da delegação ocorreu pelo terminal de cargas, sem contato com a imprensa ou com a torcida.

Sem passar pela áreas comuns, os jogadores embarcaram em um ônibus. Já outros foram em carros particulares. O avião previsto para chegar às 5h20 deste domingo, mas atrasou em uma 1h.

Vice campeão da Libertadores, Flamengo volta a campo na terça-feira (30), às 20h em duelo contra o Ceará, pelo Campeonato Brasileiro.

Futebol