PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Vice na Libertadores transforma 2021 em ano frustrante para o Flamengo

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

27/11/2021 19h45

O Flamengo entrou em 2021 com as mesmas expectativas dos anos anteriores: títulos expressivos e futebol bem jogado. O segundo até conseguiu, em determinados momentos, mas o primeiro, após a derrota para o Palmeiras por 2 a 1 na final da Libertadores hoje (27), no Estádio Centenário, em Montevidéu, eliminou a última chance do Rubro-Negro de terminar o ano com um grande caneco.

O ano se iniciou com Rogério Ceni no comando da equipe. Mesmo com duras críticas recebidas durante toda a temporada anterior, o treinador conseguiu o título do Brasileirão, após cair nas oitavas de final da Libertadores e nas quartas de final da Copa do Brasil.

Com o bicampeonato brasileiro, Rogério teve a confiança da diretoria e se manteve no cargo para 2021. Com boas atuações e um time entrosado, o Flamengo foi jogando bem, ganhou o Carioca e avançou para as oitavas de final da Libertadores sob o seu comando. Contudo, em um período no qual o time ficou sem suas principais estrelas por conta de convocações, o rendimento caiu muito e problemas extracampo acabaram resultando na queda do treinador.

Foi então que entrou em cena Renato Gaúcho, que estava sem time após acordar sua saída do Grêmio, mais cedo este ano. O técnico chegou com a confiança da torcida, diretoria e jogadores, emplacando grandes resultados nos seus primeiros jogos. Em determinado momento, inclusive, foi comparado ao início de Jorge Jesus no comando do Rubro-Negro, com números superiores ao do português.

Contudo, a lua de mel também não durou muito. Convocações e suscetíveis lesões desfalcaram a equipe que, assim como com Rogério, caiu de produção. Más atuações, decisões equivocadas de Renato e muitas críticas ao departamento médico do clube geraram o início da turbulência no clube, que se arrastou até a grande final da Libertadores.

O ponto mais crítico foi a eliminação vexaminosa na Copa do Brasil, para o Athletico-PR, em pleno Maracanã. Na ocasião, o Flamengo perdeu o jogo por 3 a 0 e saiu vaiado de campo, com a torcida gritando o nome do "mister" Jorge Jesus. Após a partida, Renato chegou a entregar o cargo, mas foi convencido pela diretoria a permanecer no comando da equipe.

Hoje, contra o Palmeiras, não há dúvidas que o peso nas costas de Renato fez diferença, com o Flamengo não conseguindo furar o bloqueio alviverde e saindo derrotado por 2 a 1. Antes mesmo da partida terminar a torcida flamenguista tornou o pedido pela saída do técnico o assunto mais comentado do Twitter no Brasil por alguns instantes durante o primeiro tempo da partida.

Com essa derrota, o ano de 2021 está oficialmente encerrado para o Rubro-Negro, com grandes chances de perder seu treinador para a próxima temporada. Um ano cheio de expectativas que acabou com um grande sabor de derrota.

Flamengo