PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Após derrota do Flamengo na Libertadores, Renato despista sobre o futuro: 'Decisão agora é da diretoria'

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

27/11/2021 23h47

Neste sábado (27), Palmeiras e Flamengo se enfrentaram, no Estádio Centenário, em Montevidéu, pela final da Copa Libertadores da América. O placar terminou em 2×1, com gols de Raphael Veiga e Deyverson, para o Palmeiras, e Gabigol, para o Flamengo. Com o resultado, o time comandado por Abel Ferreira consagrou o tricampeonato da competição mais importante do continente.

Após o jogo, em entrevista coletiva, o técnico Renato Gaúcho, que é alvo de diversas críticas da torcida do Flamengo, falou sobre seu futuro e deixou a decisão para diretoria do clube.

– Na vida você vai ganhar ou perder, ainda mais se tratando de decisão. Todos os clubes procuram fazer investimento. Infelizmente nessas últimas competições ainda não conseguimos dar um título para o nosso torcedor, mas é um grupo vencedor. Não vai ganhar tudo, o adversário também vai ganhar. Mas não podemos falar que não é um clube vencedor. Importante foi que nesse tempo todo procurei dar o máximo de mim juntamente com meu grupo.-disse.

“Meu contrato termina no próximo dia 30, essa pergunta deve ser feita ao presidente, para o Marcos Braz, para a diretoria. A decisão agora é da diretoria”.- completou.

Renato também falou sobre a parte física dos atletas rubro-negros e chamou atenção para o desgaste do elenco do clube.

– Nessas horas é fácil virem as críticas, são críticas normais, a gente está acostumado. Mas ninguém vai levar em consideração que nesses últimos três meses estávamos disputando três competições, tínhamos que vencer, vencer ou vencer… Tivemos que deixar alguns jogos do Brasileirão jogando com um time um jogo, outro jogo com outro time justamente por conta dessa final. E conseguimos. Conseguimos recuperar os jogadores, mas infelizmente não conseguimos o resultado. Não faltou entrega. Tudo que nós poderíamos ter feito, o torcedor pode ficar tranquilo, que a gente fez. O Palmeiras também foi merecedor, é muito bem treinado pelo Abel Ferreira.-falou Portaluppi.

Quando Renato treinava o Grêmio, uma frase sua sobre o Flamengo repercutiu muito. Na época, o treinador afirmou que o Rubro-Negro possuía obrigação de ganhar título por ter investido 200 milhões de reais. Hoje, após perder o título de Libertadores, Portaluppi foi questionado sobre essa declaração.

– Na época o Flamengo disputava as duas competições (Brasileiro e Libertadores) e não tinha ninguém no departamento médico. Em três, quatro meses, o Flamengo disputou três competições, era final a cada três dias. Vai ver quantos minutos, acredito que poucos, que a equipe principal jogou junta. Oito minutos? Está dada a resposta.- finalizou.

Futebol